segunda-feira, 29 de março de 2010

hoje é o meu aniversário!!!yes...

E, hoje é o meu dia...estou de parabéns...eheheh!!
faço anos...parabéns a mim!!!que seja um ano cheipo de coisas boas!!

domingo, 28 de março de 2010

Soy Un Truhan Soy Un Senor - Julio Iglesias

a ti Senhor...António Jorge...

é como voltar a um passado bem perto
esta música
que tu amavas
é igual a ti


nós amávamos esta música...
parece-me que te oiço a cantar esta musica...
e,lembro-me da 1ª vez que me surpreendi
por gostares de júlio iglésias
e,tudo começou connosco
com esta música...
porque Deus teve que te tirar da minha vida...!!!??
Soy un thruan..soy un s
eñor...

momentos julio iglesias

momentos...que estivemos..grande recordação esta música...

julio iglesias-momentos

foi assim...saudades A.Jorge

Hoje sinto-me nostálgica,
a pensar no meu maior querer
existem horas que me 
dá uma revolta,
um pensar egoísta
ao ponto de dizer
porquê?
que estás aqui a fazer
se ele foi
morreu!!1
o que fazes neste mundo
nem sequer fazes falta
a nada
nem ninguém
mas é verdade
penso isso
em relação a tannta gente
se é egoísmo??
é...
nem sequer tenho o dom da vida
nem da morte...
antes tivesse
que pelo menos hoje
morria muita gente
para tu,poderes
estar vivo...
matava por te ter de novo
nem que fosse
por um segundo
para eu poder dizer adeus
e tu a mim
apesar
que dissemos adeus
eu sei que dissemos adeus dolorido...
quem me dera estivesses aqui...
carlinha

terça-feira, 23 de março de 2010

Se todos fossem iguais a você - Tom e Vinicius

o MUNDO seria um horror,se todos nós fôssemos iguais...

djavan, chico buarque e gal costa - nuvem negra

auto-confiança....sem te amares,nunca poderás amar nada,se não confiares em ti não consegues confiar em ninguém...

Como anda sua autoconfiança?

Como anda sua autoconfiança?

Sua biografia pode revelar muito sobre como você lida com obstáculos

"A confiança é um ato de fé, e esta dispensa raciocínio." - Carlos Drummond de Andrade
A confiança é um sentimento básico do ser humano, é o cimento que constrói os relacionamentos, sejam amorosos, familiares, profissionais ou de amizade. Sem a confiança, um relacionamento pode até existir, mas de forma superficial e com cobranças e ressentimentos. Seu oposto, a desconfiança, é um entrave real a qualquer tipo de relacionamento e nos isola. Se nos relacionamentos a confiança no outro é imperativa, em todas as situações da vida (mesmo nos relacionamentos), a confiança em si mesmo é condição necessária para a ação.
Nós, seres humanos, temos a capacidade de pensar, de sentir e de agir. Para agir, precisamos ter desenvolvido a confiança em nós mesmos, e na ajuda do outro que podemos precisar se cairmos."Nós, seres humanos, temos a capacidade de pensar, de sentir e de agir. Para agir, precisamos ter desenvolvido a confiança em nós mesmos, e na ajuda do outro que podemos precisar se cairmos." A confiança se desenvolve no primeiro setênio, entre o nascimento e os 7 anos, a fase em que somos mais dependentes do cuidado dos outros, sejam pai, mãe, avós, babá, irmãos mais velhos. É esta dependência, este estar aberto a ser cuidado, que permitirá o desenvolvimento da confiança no outro que levaremos para a vida.
Cultivando confiança
Se recebemos cuidados atenciosos, calor, proteção, a confiança no outro florescerá com força. E esta confiança assim cultivada permitirá discriminar quando a ação do outro é sincera ou não, quando podemos depositar nossa confiança em alguém ou não. Se, contudo, fomos deixados de lado por quem deveria ter cuidado de nós, ou se fomos cuidados de forma mecânica, sem o carinho e o calor que o cuidar de uma criança pequena exige, essa confiança fenecerá, morrerá antes mesmo de crescer, se atrofiará.
Assim também se dá com a autoconfiança. Desde o nascimento, vamos criando as possibilidades físicas para subverter a lei da gravidade e ficarmos eretos, de pé, e andar com nossas próprias pernas. Logo cedo firmamos o pescoço e podemos girar a cabeça para um lado e para o outro, depois firmamos os braços e o tronco, o que amplia essa elevação de nosso campo de visão, além de permitir que o neném se arraste pelo chão. Essa força alcança as pernas e cintura, assim logo estamos engatinhando, ágil e rapidamente, conquistando o mundo ao nosso redor. Esta força nos leva a segurar nos objetos que encontramos e a nos levantarmos, conquistando a posição vertical, para logo depois começarmos a andar. É claro que este processo envolve muitas tentativas e erros- e o erro é cair no chão.
Caindo para depois levantar
O que acontece se os pais não permitem que a criança brinque no chão, por medo de germes? Ou quando o neném é "presenteado" com um andador? Ou quando a criança fica sob o olhar obsessivo dos pais para nunca cair? No desenvolvimento de nossas biografias, esta possibilidade de cair e levantar e a confiança de que alguém pode ajudá-lo se você cair, reaparece em outro contexto logo que nos tornamos adultos, por volta de 21 anos. Entramos numa fase de muitas experimentações, mergulhamos de cabeça no mercado de trabalho (muitos até antes disso) e quebramos a cara muitas vezes, caímos e levantamos, às vezes sozinhos, às vezes pedindo ajuda. E é através dessas experimentações que aprendemos habilidades novas, desenvolvemos nossos potenciais criativos que nos acompanharão pelo resto da vida.
Mas se, quando bebê, você não pôde cair e levantar, se você ficava no berço ou no cercadinho, para não ter contato com germes ou não se machucar se caísse, você provavelmente não terá desenvolvido a confiança em sua capacidade de errar e depois acertar, de cair e levantar. Se você ficou num andador, correndo pela casa sem precisar fazer esforço, de forma totalmente artificial, como será quando você encontrar obstáculos na sua vida adulta que requerem persistência e determinação, aquela força de vontade que você deveria ter cultivado fazendo força enquanto segurava no sofá para levantar-se quando era um neném? E se, a menor ameça de que você vai cair enquanto aprende a andar, aparece uma mão adulta e forte, que impede que você conheça a dureza do chão, como você reagirá ao ser demitido do primeiro emprego ou ao tomar um fora daquele namorado que você pensou que fosse o homem da sua vida? O sentimento de dureza do chão certamente será muito amplificado para quem nunca pôde experimentá-lo.
Nossas experiências na primeira infância permitirão nosso desenvolvimento nos primeiros momentos de nossa vida adulta. Isto não é algo imutável, contudo. Com força de vontade podemos mudar esta determinação e transformar nossas vidas. Assim, se você percebe que lhe falta autoconfiança, procure saber como foi seu processo de começar a andar. Crie para si mesmo, a partir desta compreensão, as condições para desenvolver a autoconfiança. Se cada vez que quebra a cara você pensa em desistir, tenha a disciplina de persistir e tentar mais uma vez (só precisa ter cuidado para ver se isso não é um padrão de comportamento), caia e levante-se. Se precisar de ajuda, busque uma terapia ou um grupo de ajuda mútua.
Aprenda a confiar em si e nos outros, e perceba como suas ações e seus relacionamentos mudarão.
SOBRE O AUTOR
Marcelo
 Guerra
Médico Homeopata, Terapeuta Biográfico, co-fundador do DAO Terapias. Faz atendimentos individuais, para casais e grupos, em Nova Friburgo, Juiz de Fora e Niterói.

Por Você (Frejat)

mudaria o MUNDO::..viva a vida....

Cazuza - Minha flor, Meu bebê

a minha menina...

sábado, 20 de março de 2010

Hoje é o dia importante para mim...DIA D

por isto sou feliz...a minha criança,hoje completa 30 anos...
se me sinto velha?
não...
sinto-me feliz
porque a minha filha simplesmente
atingiu o apogeu da maturidade...
 Carla costa /foto: carla e tatiana costa                  

sábado, 13 de março de 2010

Alimentação na TPM e menopausa

Alimentação na TPM e menopausa

Aprenda o que consumir nestas e em outras fases tipicamente femininas
por Amanda Buonavoglia

Nós, mulheres, precisamos cuidar de nossa alimentação para que tenhamos sempre saúde para muitas conquistas. Os alimentos que incluímos em nosso cardápio podem fazer diferença em fases como a menarca, TPM, gestação e menopausa. Confira a seguir:
Menarca
Na adolescência, com a menarca, a primeira menstruação, ocorrem mudanças no metabolismo. Devemos tomar cuidado com o peso nesta fase, como também para o risco de doenças como bulimia e anorexia, que podem se manifestar neste período. Sendo assim, é importante ressaltar que a alimentação equilibrada é para toda a vida e que quantos antes começarmos, melhor será! Portanto, quem não adquiriu durante a infância o bom hábito de ingerir hortaliças e frutas e beber água, vale concentre seus esforços para aprender a gostar. A saúde, assim como uma pele bonita, cabelos brilhantes e unhas fortes dependem disto! Algumas dicas:
  • Conquiste o hábito de comer devagar, ele será seu aliado durante toda a vida.
  • Comece a refeição com um prato de hortaliças variadas - experimente sem preconceitos.
  • Habitue-se a beber água constantemente: quando sentimos muita sede, é sinal de que já estamos desidratados. Além de que, nosso cérebro pode confundir sede com fome, portanto beber água nos impede de comermos à toa.
  • Realize o desjejum, mesmo que a pressa seja enorme. Quando não comemos pela manhã, vamos diminuindo nosso metabolismo, assim como nossa concentração nas atividades cotidianas. Experimente começar o dia com um pão integral com queijo branco, um copo de leite e uma fruta e veja que investimento poderoso para a sua disposição!
TPM
Para controlar a famosa tensão pré-menstrual, que pode nos acompanhar por um longo período na vida, são conselhos importantes:
  • Aumente ainda mais a ingestão de água e líquidos neste período. Isso evita a retenção de líquidos, comum nesta fase.
  • Evite embutidos (presunto, salsicha, etc), sal em excesso, glutamato monossódico (presente em salgadinhos, "caldos", temperos prontos) para diminuir o edema.
  • Reduza a cafeína (cafés, chás em excesso e estimulantes) para evitar a irritação deste período.
  • Invista em alimentos diuréticos (vegetais verde-escuros, melão, melancia, pepino)
  • Se estiver com vontade de comer chocolate, dê preferência ao meio amargo, rico em flavonóides (atenção na quantidade:3 quadradinhos por dia são suficientes)
Seguindo estas dicas, você passará mais tranquilamente por "aqueles dias".
Gestação
Quando mulher engravida o corpo passa por mudanças importantes, tudo fica mais lento - razão esta que diminui o funcionamento intestinal, muitas vezes provocando uma constipação severa. Há ainda os enjôos matinais, a perda ou excesso de apetite e os desejos....Por isso, são condutas importantes:
  • Experimente comer duas bolachas salgadas ainda em jejum e na cama, mastigando lentamente, para diminuir o enjôo.
  • Auxilia também chupar gelo - não exagere na quantidade e não ingira líquidos com sólidos, separe pelo menos 1 hora entre eles, para diminuir a ânsia.
Em relação ao intestino preguiçoso, que pode acompanhar algumas mulheres além da gestação, considero fundamental a ingestão de água (sim, novamente ela!), as hortaliças - de preferência cruas, iogurtes, que recompõem a microbiota do intestino, e um "coquetel" muito especial: deixar 2 ameixas pretas de molho com um copo de água (quem gosta de ir ao banheiro pela manhã, coloque as ameixas de manhã para beber o coquetel à noite, quem gosta de ir à noite, faça o contrário). Tire o caroço das ameixas e coloque as ameixas com a água no liquidificador, juntamente com 1 fatia fina de mamão, 1 colher de sopa de aveia ou linhaça. Bata tudo e beba sem coar. Quem quiser deixar ainda mais rico, coloque 1 folha de couve, é tiro e queda!
Menopausa
Assim como a primeira menstruação tem o seu nome, a última também tem: é a famosa menopausa. Já climatério é o nome desta fase da vida em que ocorre a transição do período reprodutivo ou fértil para o não reprodutivo, devido à diminuição dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários. Os primeiros sinais do climatério (menstruações alteradas em quantidade e fluxo) podem ocorrer vários anos antes da menopausa.
Fatores importantes para a saúde da mulher, já que seus hormônios diminuíram, são: controlar principalmente o cálcio, diminuindo o risco de osteopenia e osteoporose no futuro; proteger o coração, controlando o colesterol e a hipertensão, além de estar atenta as vitaminas do corpo. Um pouco de sol é essencial para garantir um bom aporte de absorção de vitamina D, para que o corpo absorva o cálcio. A vitamina D está presente em peixes (atum, sardinha, salmão - de preferência de água fria), um pouco de manteiga e azeite.
São fontes de cálcio: leite (preferir semidesnatado e desnatado), iogurtes, queijos brancos (ricota, queijo cottage, queijo branco), peixes, acelga, brócolis, couve e nabo. Também podem ser ingeridos como sucos (bater uma folha de couve com um pedaço de pepino e suco de uma laranja ou de uma maçã. Fazer no liquidificador ou na centrífuga.)
Essas condutas são gerais. Para um atendimento personalizado, consulte um profissional nutricionista, que saberá quais são suas necessidades personalizadas.
Amanda Buonavoglia
Nutricionista especialista em "Personal Diet" e Nutrição ampliada pela Antroposofia. Atua em consultório, escolas e ensinando pessoas a cozinhar de uma maneira mais saudável


domingo, 7 de março de 2010

Era Mi Vida El - Isabel Pantoja

Hoje próximo dia da mulher...lembro de mim...perdi o mais importante...o meu sorriso..levo um dia de cada vez..a todas as mulheres,vivem este ano o dia mulher sem aquele que as fazia sentir MULHER...

sábado, 6 de março de 2010

Um vampiro chamado Palma

a noite traz vampiros
que nos consomem
a alma,o cheiro
o sangue...
por isso adoro
todas as
espécies de vampiro
para me sugarem
o cheiro...
carla costa

Jorge Palma - Dizem que não sabiam quem era, Giselle, O fim

ás vezes perguntamo-nos quem somos e alguns até sabem mais do que nós...é o cúmulo do dizem que sabem...

O lado feminino presente no homem !!!!

O lado feminino presente no homem

Qualidades associadas ao feminino podem ser notadas no sexo masculino

Tanto os homens quanto as mulheres compartilham características que podem
ser consideradas masculinas e femininas. Isso ocorre biologicamente e também animicamente (Animismo é a teoria que considera a alma simultaneamente princípio de vida orgânica e psíquica). Biologicamente, os hormônios sexuais, estrogênio e testosterona, estão presentes em ambos os sexos, mas em proporções diferentes. O estrogênio é mais preponderante na mulher e a testosterona, no homem.
Animicamente, há dois arquétipos relacionados ao gênero, chamados Anima e Animus. O Animus é o arquétipo masculino presente na mulher e o Anima, o arquétipo feminino presente no homem. É sobre este último que este texto trata.
A Anima é um arquétipo que carrega as qualidades de contração, introspecção, acolhimento, o nutrir o outro, maternidade, o cuidar do outro. "A Anima é um arquétipo que carrega as qualidades de contração, introspecção, acolhimento, o nutrir o outro, maternidade, o cuidar do outro. " São qualidades tradicionalmente associadas ao feminino, e que o homem carrega em sua vida psíquica e pode, ou não, desenvolver ao longo da sua biografia.
Cultivando e desenvolvendo
Quando somos crianças e adolescentes, recebemos de fora nossa educação, seja pela família, pela escola, pelos grupos que frequentamos, pelas ideologias a que aderimos. Quando nos tornamos adultos, a nossa educação fica em nossas mãos, torna-se auto-educação, e todo nosso desenvolvimento a partir de então está sob nossa responsabilidade.
O cultivo e desenvolvimento da Anima pelo homem depende, então, de sua própria vontade. Nos primeiros anos da vida adulta, o homem se vê diante de circunstâncias que frequentemente o impelem à competição, e isso mantém a sua Anima meio adormecida, latente. Essa competição aparece na vida profissional, onde é mais evidente, assim como nos relacionamentos, em que a busca por uma parceira pode tomar ares de uma verdadeira caçada.
Já na faixa dos trinta anos, o homem (assim como a mulher) já busca temperar mais a razão (característica arquetipicamente masculina) com a emoção (característica arquetipicamente feminina) e assim há um surto de desenvolvimento de sua Anima, como se fosse a puberdade da Anima. As decisões já levam em conta não só fatores materiais, lógicos, mas também sentimentais. No trabalho, por exemplo, ter um bom salário já não representa o único, nem o mais importante, critério para um homem escolher um emprego. Estar num ambiente de trabalho agradável, junto com pessoas amigáveis, conta muito mais. No relacionamento, o fato de uma mulher ser bonita e gostosa diminui um pouco de importância aos olhos do homem, que passa a valorizar mais os atributos de companheirismo, carinho, atenção.
Sentimentos florescendo
O desenvolvimento da Anima prossegue após esse "estirão" e na faixa dos cinquenta anos a Anima amadurece e floresce no homem (sempre lembrando que a opção "ou não" também é válida, afinal de contas somos livres para escolher o rumo de nossas vidas). Assim, nos relacionamentos amorosos e familiares, o homem passa a ser mais carinhoso, afetuoso, emotivo, demonstra mais os seus sentimentos. No trabalho, tem um cuidado maior com os colegas, principalmente com os mais jovens, de quem muitas vezes pode se tornar uma espécie de tutor e protetor.
Lembro que meu pai, que era um pai disciplinador, autoritário, nessa época me beijou pela primeira vez, o que me causou surpresa e alegria. O pai autoritário tornou-se um avô que cozinhava para nos receber, que puxava os netos pela casa em cima de um "tapete voador", que aprendeu a dizer "eu amo você", que admitiu que sentia muita saudade do pai que morrera há tantos anos, que chorava ao ser homenageado por estagiários em seu trabalho (ele era enfermeiro).
A Anima é um tesouro na vida anímica do homem, que traz conforto e maciez à própria existência e à daqueles com quem se relaciona. Por isso, homens, vamos cuidar bem de nosso lado feminino e fazer um mundo mais carinhoso.
Dedico este texto à memória de Warner, meu pai.
SOBRE O AUTOR
Marcelo
 Guerra
Médico Homeopata, Terapeuta Biográfico, co-fundador do DAO Terapias. Faz atendimentos individuais, para casais e grupos, em Nova Friburgo, Juiz de Fora e Niterói.

Jorge Palma - Rosa Branca

para todas as mulheres....

JORGE PALMA - Disse Fêmea - OLEIROS - 10 08 2009 (Anabela F)

MULHER _______FÊMEA...

Aprenda a aceitar o envelhecimento !!!

Aprenda a aceitar o envelhecimento

Encare o espelho sem medo e desfrute o passar do tempo com saúde

Quando mulheres conversam sobre crianças, são muito comuns as observações do tipo: "Eu adoro a fase que eles mamam!", "Que coisa linda é observar uma criança aprendendo a falar!", "Como é gostoso quando eles começam ir pra escola e ter seus amiguinhos!" Estas falas nos mostram com que naturalidade observamos as fases de desenvolvimento de uma criança, olhando com amor e compreensão para cada uma delas.
Embora ninguém espere que uma criança interrompa seu desenvolvimento ou volte fases, à medida que crescemos temos a tendência a fechar os olhos para as fases que continuam a se suceder depois que chegamos à vida adulta. E somos convidadas diariamente a interromper nosso desenvolvimento, parar o tempo e até retrocedê-lo!
Vários estudos, no entanto, têm focado as diferentes fases da vida adulta e do envelhecimento, trazendo para nós a beleza, as conquistas e os desafios de cada uma delas. Para a terapia biográfica, por exemplo, baseada nos princípios da Antroposofia, tão importante quanto o primeiro setênio, de 0 a 7 anos, é o décimo, de 63 a 70 anos, cada um deles com seus encantos e desafios. E à medida que envelhecemos, incorporamos os desafios e aprendizados das fases anteriores, nos tornando pessoas melhores e mais preparadas para cumprir os objetivos da fase seguinte."à medida que envelhecemos, incorporamos os desafios e aprendizados das fases anteriores, nos tornando pessoas melhores e mais preparadas para cumprir os objetivos da fase seguinte."
A beleza de cada fase
Quanta beleza existe na mulher jovem e inexperiente se entregando às descobertas da maternidade, das relações amorosas, da iniciação ao sexo, da vida profissional! E como é bonito observar uma mulher independente e segura em sua fase madura, com os filhos já crescidos, a vida profissional estabilizada, buscando fazer suas contribuições únicas a um mundo que já lhe deu tanto até aquele momento! Quanto de emoção pode despertar uma mulher de 70 ou 80 anos entusiasmada em aprender como as ferramentas virtuais podem facilitar sua vida, ou apaixonada e envolvida por novos relacionamentos afetivos, com netos, bisnetos ou novos companheiros!
Por outro lado, também é interessante observar quanto há de cultural na maneira de olharmos para o envelhecimento. Mesmo quando queremos acreditar que envelhecer é sinônimo de amadurecer com sabedoria e serenidade, que podemos viver plenamente, sabendo aproveitar cada fase da vida com saúde e alegria, a pressão social tem dificultado isso.
Enquanto na sociedade industrializada é comum que as mulheres escondam suas idades, como se o passar dos anos fosse um motivo de vergonha, existem recantos isolados do mundo onde envelhecer é motivo de orgulho. Nestas comunidades as mulheres às vezes também mentem a idade... Mas, nesse caso, paramais!
A velhice é tão valorizada entre os povos mais longevos do mundo- incluindo os abecássios, povo que vive nas montanhas do Cáucaso; os hunza, no Paquistão; os habitantes do vale de Vilcabamba, no Equador; e os Okinawanos, no Japão - que os idosos destes lugares insistem em aumentar sua idade. O que motivaria isso?
Nestas comunidades as pessoas mais velhas são as mais respeitadas e os filhos brigam entre si para decidir quem terá o direito de ter seus pais morando consigo. Os idosos são tratados com carinho e admiração. Todos envelhecem sabendo que o passar dos anos lhes confere valor e status social.
Encontro sincero com o espelho
No livro Saudável aos cem anos (editora Fontanar, 324 páginas) o autor John Robbins afirma: Os abecássios esperam ter uma vida longa e útil e anseiam pela velhice por um bom motivo. Numa cultura que valoriza tanto a continuidade de suas tradições, os idosos são indispensáveis. Eles nunca são considerados ? ou percebidos ? como fardos. Muito pelo contrário, são as riquezas mais valorizadas pela sociedade. Um provérbio abecássio repetido com freqüência é: "Além de Deus, precisamos dos idosos".
Então, que tal um encontro sincero hoje com o espelho? Mas não só o espelho físico, que mostra os sinais do tempo, mas também um espelho emocional, afetivo, profissional? Que tal um balanço geral onde você relaciona suas conquistas, vitórias e seus aprendizados? E que tal olhar pra pessoas que você admira e são mais velhas que você, que já alcançaram fases que você espera viver e observar a beleza por elas conquistada?
Parece que o caminho para usufruirmos das vantagens do envelhecimento e vivenciá-lo com alegria, começa com um olhar diferente para os nossos idosos. E continua num olhar-se com amor, com carinho, com cuidado que leva você a sentir o delicioso sabor de verdadeiramente envelhecer com alegria!
SOBRE O AUTOR
Katia 
Leite
Com formação universitária em Naturologia, dedica-se a atendimentos individuais e em grupo em São Paulo. Busca nos elementos da natureza os instrumentos que ajudam a manter e recuperar a saúde.

A riqueza de ser como se é !!!

A riqueza de ser como se é

Respeite seus anseios e sentimentos e recupere sua autoestima

Muito se diz que a mulher é um ser misterioso. Quantos não gostariam de entender o que as mulheres querem e desvendar os sentimentos femininos? Talvez essa tarefa tivesse de partir, primeiramente, das próprias mulheres: conhecer os seus sentimentos, ir fundo na compreensão de seus mistérios, reconhecer a sua multiplicidade.
Carregamos no corpo o mistério do ciclo vida-morte-vida. Todo ser vivo também carrega essa experiência, mas o corpo feminino traz essa vivência à luz, torna explícito. Quer um exemplo? Vivemos tal realidade a cada ciclo menstrual. Primeiro vem a possibilidade de vida, a semente que é lançada. Se não é fecundado, o óvulo e todo o aparato de preparo do organismo são descartados, mostrando que não houve o nascimento de uma vida. Depois nosso útero se prepara para novos ciclos. Com tal movimento variamos também em nossa experiência íntima, com períodos de abertura e fechamento. Se compreendêssemos melhor esse ritmo em nosso corpo, talvez tivéssemos menos sintomas de tensões como a maioria das mulheres experimenta na atualidade. Aproveitando os momentos de fechamento para refletir, recarregar energias, planejar, se sintonizar. Aproveitando os momentos de abertura para agir, se expor, apresentar-se, ir à luta.
Energia contida
Compreender os ritmos internos e respeitá-los é um baita desafio para nós mulheres. Tão acostumadas fomos a calar nossos sentimentos e a seguir o ritmo do outro, que agora fica de fato difícil dedicar um tempo para ouvir a nós mesmas. Tanto tempo de silêncio imposto, que muitas vezes nossa alma só consegue nos mostrar como estamos nos trazendo sintomas. E mesmo assim, o que aprendemos? Uma mulher é incansável! Quantas de nós aturam dores crônicas protelando para amanhã o autocuidado?
De um ser pleno de riquezas, mistérios e belezas, quiseram moldar e construir um outro, mais domesticado, formatado, domado. A cultura patriarcal fez de tudo para conter a energia que assustava, para domar aquilo "que não tem medida, nem nunca terá" (tomando emprestadas as palavras de Chico Buarque). A energia feminina ia contra a ordem que se queria instituir: o controle, a luta por poder, o individualismo. Tentaram dobrar, amassar, rasgar a alma feminina, para fazê-la caber no baú de uma cultura inconsciente, para tornar o Feminino se não aceitável ao menos tolerável. Isso fez com que muitas e muitas mulheres brilhantes fossem tachadas como erros, aberrações e fossem punidas por simplesmente serem.
Multiplicidade e riqueza
O Feminino não se encaixa em padrões. Cada mulher é múltipla em suas faces e suas possibilidades. Temos luz e sombra, asas e raízes, sins e nãos, interno e externo, renovação constante, ondulações. E nossa riqueza está em sermos como somos."Cada mulher é múltipla em suas faces e suas possibilidades. Temos luz e sombra, asas e raízes, sins e nãos, interno e externo, renovação constante, ondulações. E nossa riqueza está em sermos como somos."
Precisamos recuperar a autoestima, a alegria de sermos depositárias de tantas características naturais cheias de beleza. É urgente retomar o contato com nossos anseios e sentimentos, com nossa garra e nossa sensibilidade, com nossa intuição e nossa criatividade. Pense em maneiras de iniciar uma relação mais prazerosa com você mesma, mulher! Reconheça em si a união dos aspectos femininos e masculinos e potencialize o que lhe faz bem. Tome partido de suas múltiplas faces a seu favor! Não acredite em que lhe diga que você é o sexo frágil (nem se ouvir isso de você mesma!), retome a força interna que fez com que você chegasse até aqui! E dia da mulher não tem uma só data. Todo dia é seu dia, todo dia é especial, pois é o agora que se converte em possibilidades. Permita-se!
Indicação de livros que podem lhe ajudar nessa jornada:
Mulheres que correm com os lobos: mitos e arquétipos da mulher selvagem. De Clarissa Pinkola Estés. Editora Rocco.
A procura do Feminino. De Marisa Sanabria. Editora Ideias e Letras.
A mulher heróica: relatos clássicos de mulheres que ousaram desafiar seus papeis. De Alan B. Chinen. Editora Summus.
SOBRE O AUTOR
Juliana
 Garcia
Psicóloga, psicodramatista e aromaterapeuta. Trabalha em projetos sociais como facilitadora de grupos de mulheres e grupos de reflexão sobre o Feminino em Belo Horizonte e interior de MG.

Para todas as Mulheres !

dia da mulher...

Mulher de todos os dias

Dia da MULHER...

Seja completa, só ou acompanhada

Seja completa, só ou acompanhada

Cuide de você e perceba que a felicidade não depende apenas do amor
por Simone Kobayashi

"Sou mulher, sou feliz, inteira e plena". Cada vez mais mulheres sentem-se assim, embora nossa cultura ainda cobre o "ser mulher" como sendo mulher de alguém. Mas encontramos, sim, mulheres completas em si mesmas com ou sem companheiros. Quantas você conhece?
Nós, mulheres, temos, sim, necessidades físicas, emocionais e mentais de trocas com os outros. Mas essas necessidades não têm somente como foco o relacionamento amoroso. Elas são supridas na vida como um todo: no trabalho, nos desafios, nas amizades, na família e em todos os aspectos que nos nutrem.
Temos que buscar satisfação pessoal e global, isso que dizer: fazer e dar-se por inteira em cada coisa, em cada situação que a vida nos coloca. E se não estivermos satisfeitas, devemos mudar a situação. Precisamos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, projeções inviáveis e obrigações sem sentido."Precisamos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, projeções inviáveis e obrigações sem sentido."
Sensação de plenitude
Quando você estiver em casa, é lá que deve buscar paz interior, cuidar e arrumar suas coisas, deixar um ambiente gostoso e harmonioso, para si mesma em primeiro lugar! Se estiver no trabalho, faça-o com dedicação, com gosto. Fazendo o seu melhor você tende a sentir-se cada vez melhor. Com seus amigos, ouça e seja ouvida com respeito, sinta um carinho específico por cada um. Se estiver na fase de sair e se divertir, dance, aproveite bastante. Se, pelo contrário, quiser paz e sossego longe de tudo e de todos, ótimo! Reflita, repense, se renove.
Meu objetivo não é passar a mensagem "Sejamos todas solteiras e felizes!" Não, não é isso. Só desejo que possamos ser felizes, solteiras ou não! Plenas nos nossos sentimentos, inteiras nas situações e mulheres a qualquer tempo.
Experimente refletir sobre as suas diversas facetas, os seus vários papeis na vida. Em alguma dessas situações você se sente incomodada? O que você acha que precisa para sentir-se melhor? Muita coisa? Pouca? São fatores que dependem de você ou dos outros? Se for depender de você, atire-se, busque, conquiste. Se você precisa dos outros ou de algo para se sentir feliz... Repense! Faça uma análise e uma faxina mental, emocional e na vida. Não é fácil, todas sabemos disso, mas impossível também não. Tente e tente novamente. Se o caminho escolhido até agora lhe trouxe insatisfação, infelicidade ou dependência, que tal tentar outro?
Deixe a felicidade entrar
Com o tempo a gente vai percebendo que para ser feliz não ?precisa? de algo ou alguém. O que a gente precisa mesmo é não precisar... Sem dureza, sem sofrer, sendo cada vez mais leve e plena em cada gesto, palavra ou olhar.
Cuide-se com carinho. Declare ao Universo que você está aberta à felicidade. Você merece ser feliz, então seja!
Para continuar refletindo sobre o tema
Aprenda a fazer uma faxina interna- http://www.personare.com.br/revista/voce-hoje/materia/336/que-tal-uma-faxina-interna
Quartzo Rosa para harmonizar relacionamentos - http://www.personare.com.br/revista/amor/materia/3/pedras-para-harmonizar-relacionamentos-amorosos
SOBRE O AUTOR
Simone 
Kobayashi
Terapeuta Holística. Especialista e estudiosa das pedras e cristais há 15 anos, se dedica à junção de técnicas para o equilíbrio e harmonização, como Cristalopuntura e Reikristal

Falando no dia da MULHER:EU SOU MULHER:::

Está a aproximar o DIA da MULHER.....


para mim todos os dias é dia da mulher...
porque só o dia 8 é que é dia da MULHER...
somos mulher todos os dias...

Mulheres, vida sexual e tabus

Mulheres, vida sexual e tabus

Reflita se você tem freiado seus instintos ou se permitido ter prazer


A não ser que a repressão com relação a sexo seja gigantesca, é praticamente impossível não ser tocado por fantasias sexuais. Quem nunca se pegou pensando que gostaria de experimentar uma certa posição ou uma ou outra prática mais ousada na intimidade, que atire a primeira pedra!
O tema sexo nunca foi tão abertamente discutido, mas, na prática, especialmente as mulheres estão ainda tão inseguras quanto ao que "é certo ou errado". Ainda estão muito preocupadas com "o que ele vai pensar de mim". No fundo não é bem isso. A grande dúvida é "o que EU vou pensar de mim se experimentar buscar prazeres sexuais de novas formas?".
Existe ainda um conceito muito arraigado em nossa cultura que fala ao nosso inconsciente (quando não abertamente), que diz que certas práticas estão restritas às prostitutas. Como se as prostitutas estivessem "pecando" porque sabem explorar as delícias que nosso corpo está apto a obter e proporcionar! Nosso corpo é uma fonte imensa de prazeres: nos permitimos experimentar muitos sabores novos na vida, aquela atraente torta mousse de umbu, por exemplo, mas nos negamos a abrir as portas para os infinitos prazeres que o sexo pode oferecer.
Vergonha e preconceitos
Muitas mulheres dizem que sentem vergonha de seus parceiros quando, na maioria das vezes os parceiros estão intimamente torcendo para que elas se permitam mais, fazendo da relação sexual um momento lúdico.
Outras ficam semanas ?estudando qual é meu melhor ângulo? para serem apreciadas, quando os homens sequer prestam atenção na gordurinha extra e não querem nem saber de celulite ou estrias. Eles querem desfrutar de momentos de liberdade para curtir o prazer de estar com suas parceiras. De nada adianta ir para a cama cheia de ajustes artificiais no corpo e na hora "H" se deitar sobre os preconceitos: isso não pode, aquilo dói, etc.
É preciso se despir das hipocrisias e começar a responder a si mesmas a algumas questões:
  • Por que freio meus instintos e evito tocar o corpo todo do meu parceiro? Porque tenho medo que ele rejeite minha ousadia? Porque não sei se ele se sentiria ofendido?
  • Tenho que simular um lindo orgasmo mesmo não tendo obtido um? Faço isso para não deixar meu parceiro inseguro? Sou "obrigada" a sempre ter orgasmo ou obter prazer é o que vale no sexo? Acredito que estou sendo menos mulher se não tiver um orgasmo todas as vezes? Eis aí uma grande questão!
  • Por que me recuso a praticar sexo anal ou sexo oral? Porque acho vulgar? Porque não sei como fazer? Porque tenho medo de gostar?
  • Tenho vontade de dizer e ouvir bobagens durante a transa, mas não digo nem estimulo meu parceiro a dizer porque acho que vou ser "mal interpretada"?
  • Morro de curiosidade de passar num sexshop e conhecer alguns brinquedos para incrementar o meu ou o nosso prazer, mas por que não vou? Tenho vergonha de admitir isso?
  • Gostaria de pedir para que meu parceiro satisfizesse alguns desejos e curiosidades minhas, mas por que não faço?
  • Por que não exploro mais meu corpo e meus prazeres na masturbação? Por que evito me masturbar como parte das preliminares?
Se muitas dessas respostas estiverem atreladas à vergonha e a medos, a culpas e até mesmo a questões religiosas, lembre-se de que a natureza não teria dotado homens e mulheres de tantas terminações nervosas se não fosse para fazermos uso delas em benefício do prazer! E não teria nos dotado de um cérebro inteligente e criativo se não fosse para usarmos os sensores da imaginação também na prática sexual!
Mas outras respostas podem estar vinculadas simplesmente a desconhecimento sobre como algumas coisas funcionam. Então, lembre-se de que ninguém nasce sabendo e não é vergonha alguma perguntar. Se tiver dúvidas com relação a algumas práticas, converse com um profissional ginecologista sem pudores. Ele ou ela são profissionais que podem orientar você.
Muito mais coisas povoam nossas fantasias e muitas mulheres reprimem seus desejos ou ficam se culpando por desejar ou por fazer, deixando assim de extrair o prazer crescente que pode advir desses momentos de intimidade"muitas mulheres reprimem seus desejos ou ficam se culpando por desejar ou por fazer, deixando assim de extrair o prazer crescente que pode advir desses momentos de intimidade" . E muitas vezes até comprometendo a vida a dois.
Não se furte em procurar um terapeuta se suas dificuldades em transpor tabus persistir. Está mais do que na hora de sexo sair da literatura e das páginas da internet para ser vivenciado do jeito que tem que ser vivenciado: com muito prazer e sem pudores!
SOBRE O AUTOR
Celia 
Lima
Psicoterapeuta Holística, utiliza florais e técnicas da psicossíntese como apoio ao processo terapêutico. Presta atendimento individual e em grupo, e serviços de choaching pessoal, profissional e organizacional.

...bora lá...é só clicar...

LeePubli.com

ganha a ler mails...já o fazes mas por aqui...ganhas o teu...clica aqui...

publituga.com

Siga a ganhar uns cobres...vê como...

Leemails.com

Ganhe a ler mails,visitar sites...clique e siga o site..

Publipt! Clique Aqui!

CLIQUEM AÌ::::

CLIQUEM AQUI:::

Seguidores

Ocorreu um erro neste dispositivo

Pesquisar neste blogue

CLICA:::::ganha o teu...

PTBux
 Veja mais anúncios grátis

Busquem-me Aqui...