domingo, 28 de fevereiro de 2010

BIquini Cavadão `Timidez´

não parece...mas raio parta isto...
a minha estúpida timidez...
quem me dera dizer
na tua cara
não gosto
não quero
quando chego
me desrago
e perco tudo
a timidez,fala mais alto..
quero acabar com essa mudez...
quero dizer
não gosto
não quero
porque eu quero é a ti-
raios à timidez...
carlinha

Adriana Calcanhoto - fico assim sem você

QUERO::::
........?????
!!!!!!!!!
tou louca pra te ter nas mãos!!!!
será que não tenho???
tenho???
!!!!!!!
não???!!!!!
..............
sou eu assim sem Você???!!!
porquÊ???????
carlacosta

EZ Special - Sei que sabes que sim

és um mundo à parte...
tu sabes que SIM...
tou...
mesmo...
e daí...
eu eu estou
mas também sei que SIM...
tu és tudo para mim...
carlacosta

Paulo Gonzo - Falamos depois

é bem melhor
falarmos depois
deixa-me dormir...
e passar os dias
até que a raiva me passe
........
não vale mesmo a pena
mas fazer as pazes depois
é muuuuiiiitoooo bom...
carlinha...

Jorge Palma (Coliseu 2007) - #11 - "Finalmente a Sós"

já estava a adormecer
ligaste-me
puseste-me de novo
acesa
porque
me trazes tanta loucura
na minha redemoinhada
vida
eu já me pensava sózinha
e,ligaste
e de novo me senti
acesa
a arder
por ti
porque
me tiraste
o sossego da minha
louca insónia
e4,de novo
a acenderes a loucura da
minha
loucura
do meu desasossego
e,eu
continuo a querer ouvir
a tua voz
que me desasossega
porque só quero
ficar contigo
a sós
para me tirar
da solidão
que me invade no
meu quase
a dormir...
carlinha

Jorge Palma (Coliseu 2007) - #3 - "Voo Nocturno"

eu entre viver e morrer
planar num grande voo nocturno
sendo como de diz

mais leve do que o ar...
neste voo
quero planar
neste voo
quero o meu motor
a levar-me para ser feliz...
carlinha...

Rita Guerra - Gostar de ti

a um alguém que eu perdi...
carla

Chegar a ti...

a um alguém...que amei por demais...
quem me dera poder dizer isto...
a ti...
distância...
fui feliz contigo...
muito
a vida faz-nos cada surpresa...
carla

Foste TU...

a vida continua...mas foste isto tudo para mim...
lógico
era impossível
dizer
esqueci
MENTIRA...
estou a aprender amar outra pessoa...
complicado
porque sinto
como se te estivesse a trair
mas...
a vida continua...
carlacosta
cfcarllucci507@gmail.com

Rui Veloso - Saiu Para a Rua ( Com Sara Tavares )

Muitas vezes
é o que acontece
depois de tanto aguentar
o descaso,desamor
um dia sai-sa para a rua decidida
e sente-se o fraquejar de pernas
e sente-se o langor
no meio de tudo
o que permite a paixão...
a todas que se sintam desamadas
saiam para a rua
decididas
e,não voltem para tras
VIVAM...
carlacosta

Rui Veloso - Não me Mintas

a mentira é das piores
coisas existe num ser humano
odeio...
mentira
hipocrisia
mas tudo isto faz parte do adjectivo
mentira
só peço
não me mintas...
será que é pedir muito???
carla

Rui Veloso - Todo o Tempo do Mundo (Official Videoclip) 1998

um dia,pensei
que tinha todo o tempo
do MUNDO,
mas dei por mim
não tive tempo
pra ser feliz contigo
mas...
fui
e quando já estava com todo
o tempo do Mun do
tu...
foda-sa
morreste
sentime revoltada
com o Mundo
porque eu tinha todo
o tempo do Mundo
para ti
e,
o Mundo ´~ao teve tempo para mim
hoje...
estou em busca de todo o tempo do mundo
para mim...
a vida fez-me
viver
ou ir vivendo
porque o Mundo
tirou-me todo o tempo do Mundo
que eu tinha para ti
e,hoje
aprendi
que tenho que ter
o tempo do Mundo para mim
com raiva
porque o Mundo já não é teu
é meu
e,vou ter o meu tempo
para outro alguém
porque o Mundo quer de mim
eu ter todo
o tempo do Mundo
para ele...
estou a aprender
a ter todo o tempo do Mundo para mim
e para
ELE..
o Mundo dirá...
carlinha

Rui Veloso - Jura

é complicado??
acreditar!!
será que alguém
consegue olhar de frente
e dizer
não!
tudo se perde ou ganha
jurar
não se jura!
sente-se e faz-se ou não!
complicado
mas!
se me juras
só peço
que sejas
VERDADE!!
e,que valha a pena
no dia que eu descobrir
que a tua JURA
foi!!
só uma Jura!!
quem mais jura mais mente...
carlinha









''

Pontes entre nós

e EU e TU....
fomos...
o tempo parou...
mas.....
a vida contunuou...
hoje,quase que sou feliz
porque entre mim e tu
não há mesmo ponte entre nós
porque elas cairam
no dia que morreste
a ponte caiui
mas,acredito,sei e sinto
que existe um alguém
que
tem uma ponte
entre mim
e tu..
por mais que sejas TU...
há uma ponte entre nós...
carlacosta
living and die

Pedro Abrunhosa - Quem Me Leva Os Meus Fantasmas

a noite chegoyu...
e os meus fantasmas
voltam
mas,não estão mortos
são vivos
vivem na minha cabeça
no meu SER

porque são os policias
que me controlam
quem ???
são tudo
são nada
mas são todo e o tudo
que me controla
quero viver
quero sentir,errar
deixem-me
ando cheia de policiamento
mesmo psicologico
que,quem??'
mas vou cont6inuar mesmo com todos os fantasmas da vida...
que me4 policiam
em tudo na vida...
enchio
salvo-me a mim mesmo
quem???
salvei-me a mim---
carla costa

Pedro Abrunhosa - Tu não sabes - Ao vivo

muitas vezes,só quero
saber o que acontece
na hora...
fico...
quantas vezes.enraivecida
ciúme louco
detesto saber isto
detesto essa palavra
ciúme
porque não sei
é uma insegurança
por tudo o que
NÃO SEI,
e detesto não ter o controle da minha vida
que é minha
na MÃO..
porque não sei...
carla costa

Será - Música do Pedro Abrunhosa - Sera

será que ainda tás comigo??
será que ainda posso confiar em ti???
será??
quero pensar que sim
mas

será!!!??
será que ainda posso!!!
será que ainda posso dizer e repetir
que ainda te amo
e te quero como nunca???
será!!!??
carlinha(carla costa)

Pedro Abrunhosa - Deixas em Mim Tanto de Ti - Legendado

sempre que me tens
deixas-me tanto
o que eu chamo de tanto de
tão pouco ser...
porque deixas em mim
tanto...
mas tanto de ti... carlinha

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

caso sério...rita lee

Aqui...ali em qualquer lugar...Rita Lee

se digo...

meu bem você me dá...!!!

O desejo foi-se....

Sexo


O desejo sumiu

por Rosana F. | 22/01/2010 O que fazer quando você não sente mais o mesmo tesão pelo seu par?
No começo do namoro, os beijos demoravam mais de três minutos. Era só ele chegar perto para os seus batimentos cardíacos dispararem. Se ele pousasse levemente as mãos nas suas coxas, dava aquele calor, seguido de uma vontade incontrolável de arrancar a roupa. Se trocasse de roupa na sua frente, você pulava em cima dele cheia de más intenções. Bons tempos! Hoje a realidade é outra. Ao olhar para ele, não tem como fingir: você não sente mais o mesmo tesão do início do relacionamento. E agora?

A primeira vez, além de inesquecível, é única. Isso significa que não tem "primeira vez" duas vezes, nem três, muito menos 47 vezes. Ou seja, depois de transar um monte de vezes com a mesma pessoa é difícil haver alguma novidade ou voltar a sentir aquele frio na barriga que só o ineditismo proporciona. "O tempo passa impiedosamente e leva com ele o desejo do início do namoro", diz a advogada Fabiana G., de 31 anos.

Você é boa de cama? Faça o teste!

Casada há três anos, Fabiana admite que não vê o marido com os mesmos olhos da lua de mel. "Não vejo explicação para isso: continuo amando o meu marido, mas ele já não me desperta como antes. A gente precisa de preliminares mais longas, às vezes parte para um vinhozinho, um filme... Raramente transamos do nada como era no namoro", revela a advogada, que entende essa mudança como parte do pacote do casamento.

“Eu nunca tinha convidado nenhum homem para sair e, agora que estou casada, tenho que fazer isso com o meu próprio marido”

Quando a mulher ou o marido relaxam com o corpo, pode ser que isso se reflita debaixo dos lençóis. E é muito comum engordar no início do relacionamento. Que o diga a publicitária Eloá C., de 27 anos, que engordou cinco quilos depois de conhecer a cara metade. "Ele jura que não liga, diz que até prefere o meu corpo assim, mais carnudo. Mas eu não me sinto bem e não tenho a mesma vontade de transar que antes", revela.

Eloá acaba optando por ir para cama sem tirar a roupa toda ou de luz apagada. "Eu quero entrar numa academia para ver se me sinto mais segura com o meu corpo. Enquanto isso, para compensar, gosto de fazer uma depilação especial. Quando está do jeito que eu gosto, me sinto mais poderosa e temos transas dignas dos primeiros encontros", conta a publicitária, que marcou o salão para amanhã mesmo.

CONHEÇA UM KAMA SUTRA SOB MEDIDA PARA VOCÊS




Amor e sexo...

as 10 ,mais do sexo...

Dez posições, manias, jeitinhos e taras que os fazem subir pela parede
 

ATENÇÃO: ESTE CONTEÚDO POSSUI TEOR SEXUAL E É IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS.

Depois de muitos pedidos, fomos atrás de representantes do sexo masculino para descobrir o que eles gostam de fazer na cama. Você que sempre ficou na dúvida se deveria ou não tomar iniciativa na hora de arriscar uma posição ou atitude mais ousada, agora conta com um verdadeiro dossiê do prazer deles. Tem homens de todos os tipos: liberais, conservadores, românticos, safadinhos. E, sim, há uma tara que foi citada por todos. Descubra qual - e muitas outras - e faça seu benzinho feliz!

Número um: sexo oral

Da próxima vez em que você estiver morrendo de vergonha, sem saber se deve ou não cair de boca no que ele tem de mais delicioso, pare de pensar e vá em frente. Sim, eles ADORAM, e não há homem que negue a preferência pelo sexo oral. O famoso 'boquete' deixa qualquer marmanjo enlouquecido de tesão. Mas não adianta fazer de qualquer jeito, como explica um dos milhares adoradores da prática: o programador Jonas Galvez. Além de fã de carteirinha, ele é expert nas variações do tema:

"Existem dois tipos de boquete. O boquete antes do sexo, e apenas o boquete, que termina nele mesmo, sem envolver sexo depois. O primeiro tipo não precisa nem deve ser demorado", explica Jonas, enfatizando que a idéia é que ele seja apenas uma preliminar, para deixar o membro em ponto de bala. Já o segundo deve ser feito com dedicação e gosto. "É muito bom, especialmente quando não estou esperando que aconteça. No escritório é ótimo". E nada de pressa: "Quanto mais demorado, melhor. O que realmente importa é a duração. A pior coisa é o boquete de menos de cinco minutos, que aparenta ser uma missão cumprida. Nem precisa engolir, mas levar na boca não faz mal nenhum", acredita.

Pensa que acabou? Jonas dá a dica final: "Um beijo depois do boquete é uma safadeza suficiente para ligar a máquina de novo, quase instantaneamente". Começa o segundo round!

Vice-campeão: sexo anal

Nem tão lá no topo da lista, mas logo atrás, aparece um polêmico e quentíssimo sucesso da paradas: o lado B – no caso, o nosso. Não perca seu tempo tentando descobrir se ele está a fim. A entrada pela porta dos fundos é um must, e objetivo de vida de quem ainda não conseguiu o passe livre para a área VIP. Como já desconfiávamos, mas ficávamos sem graça de perguntar, eles são loucos por sexo anal, o vice-campeão da nossa enquete. A regra aqui é liberar geral – incluindo aí o dito-cujo – para satisfazê-los. Afinal, na cama, vale tudo!

Lugares inusitados

Na cama, no chão, no carro, na praia, no cinema, no elevador ou onde mais sua imaginação permitir: sexo em lugares públicos ou inusitados também figurou na lista, em um admirável terceiro lugar. Sinal de exibicionismo? Nada disso! A sexóloga Glene Faria analisa: "O risco de ser pego libera adrenalina, o que gera excitação. Só que correr riscos é próprio do sexo masculino. Algumas mulheres até ficam excitadas com isso, mas outras ficam tão preocupadas que acabam não tendo prazer".

Um dos felizardos que teve a sorte de encontrar uma companheira de aventuras foi o produtor de eventos Roberto Prado*. Em uma viagem a Miami, fugiu com um caso que o acompanhava para o banheiro do avião. "Só dá se for no da primeira classe, pois não forma fila. Além disso, é maior e mais limpo que o da econômica", enumera as vantagens. Apesar de apertado, e sem possibilitar muitas ousadias, o banheiro caiu como uma luva no momento de emergência. "Ela ficou ajoelhada no vaso, e eu em pé, tentando me equilibrar. Não dá para se mexer muito, mas com jeitinho, funciona. Tudo bem que quando abrimos a porta, uma aeromoça deu de cara com a gente. Mas ela só riu, e ficou por isso mesmo", recorda.

Atitude é fundamental

Se você já está toda animadinha para testar as preferências acima com seu querido, aí vai uma dica preciosa: todo o esforço para agradar ao sexo masculino não vale de nada se não for acompanhado de atitude. Com a quarta colocação, a atitude é o que faz das demais colocadas tão desejadas. "É fundamental a mulher se revelar na cama, mostrando o que gosta. Tem que participar, e com personalidade. Agir como uma boneca inflável não rola", avisa o redator publicitário Fidélis Alcântara, 31 anos.

Quem assina embaixo é o designer Benjamin Jackson, a favor da comunicação sem ruídos durante o rala-e-rola. "Adoro quando elas falam do que gostam, do quanto gostam, mas principalmente do que não gostam. E, por favor, digam coisas sujas, libidinosas e sacrilegiosas em voz alta", implora.


O prazer é nosso!

Dentre as muitas preferidas citadas por eles, selecionamos outras nem tão pedidas assim, mas que não poderiam deixar de constar. Acredite ou não, eles não apenas se lembram de nos dar prazer, como também gostam. Presentear-nos com sua habilidade manual durante uma masturbação demorada, relaxar durante o 69 (empatados em um humilde nono lugar), e – surpreenda-se – gozar junto (8ª posição), apesar de lá no final, entraram na lista. "Eles se preocupam primeiro com sua sexualidade, para depois pensar no prazer da mulher. Por outro lado, elas tendem a realizar todas as fantasias masculinas, esquecendo-se de si mesmas. Conseguem dar prazer, mas não receber", observa a sexóloga Glene Faria.

Mas nem tudo está perdido. Os mais dedicados se deliciam em fazer sexo oral em suas parceiras, especialidade que poucos dominam com destreza, mas que arrecadou um belíssimo quinto lugar na lista. Que o diga o publicitário Fidélis Alcântara. "Adoro quando elas gozam na ponta da minha língua, ou pedem para ser penetradas depois de momentos de sexo oral intenso", descreve. Salve, Fidélis!

Jonas Galvez acompanha: "Gosto de dedicar atenção prolongada à vagina. É só relaxar, pois não tenho absolutamente pressa alguma em terminar", jura. Apesar da dedicação total a você em alguns momentos, este slogan está mais ficção do que para a realidade de uma mulher. Quando a disposição é muita, os insaciáveis logo tratam de inventar moda. Nessas horas, aparece uma das maiores fantasias masculinas: o sexo grupal.

Um é pouco, dois é bom, três é DEMAIS!!!

O sexto lugar conquistado pela modalidade prova que o bacanal continua em alta. Mas, como toda fantasia, espera por ser realizada. Pedro Sanches*, 24 anos, lamenta. "Adoraria transar com duas ou mais mulheres ao mesmo tempo, só que nunca tive a oportunidade. É o meu sonho, e espero realizá-lo antes de me casar", exagera. Para Pedro*, a preferência tem um motivo bem simples. "O corpo feminino, com todas as suas curvas, é a segunda coisa mais bonita que Deus criou. A primeira são dois deles. Se lambendo, se beijando e se tocando. Fora a vantagem de comer uma enquanto a outra me lambe, o que é fisicamente impossível com uma mulher só", descreve. Vai entender...

Seios hipnóticos


Em último lugar, mas nem por isso menos importantes, estão os seios. Tão desejados, porém esquecidos em meio às tradicionais vias de acesso. As descrições masculinas sobre como tratar desta parta da anatomia feminina foram ricas, variando do "chupar os seios dela" ao "fazer uma espanhola". Jonas Galvez dá voz aos aficionados: "Mamar nos seios e mordiscar os mamilos é essencial. Muitas mulheres ficam com vergonha, mas no fundo adoram. Deixem a gente brincar com eles! Fazer isso enquanto a masturbo com as mãos, então, é atividade para horas", descreve.

Mesmo seguindo opiniões masculinas, todas as preferências citadas podem ser maravilhosas para nós, mulheres. A única condição é ter vontade. "É interessante que a mulher saiba das fantasias masculinas. Só assim poderá fazer bom uso delas. Mas não basta realizar as dele, precisa também ensiná-lo o que lhe dá prazer, expondo suas fantasias", afirma a sexóloga Glene Faria. E aí, deu vontade? Pegue-o de jeito, e mãos à obra.

Sexo...

Escolas de sexo

por Daniela Pessoa | 21/08/2009 Do Tantra ao Kama Sutra, conheça as filosofias orientais do êxtase
ATENÇÃO: ESTE CONTEÚDO POSSUI TEOR SEXUAL E É IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS.

Sexo? A correria nossa de cada dia nem sempre deixa tempo para pensarmos no assunto. É chegar em casa, transar em cinco minutos, virar para o lado e dormir. A coisa começa a ficar mecânica e pior: monótona. Dá vontade de não fazer...

Para as chamadas escolas orientais de sexo - filosofias árabe, chinesa e indiana -, o ato sexual é um momento de harmonia e bem-estar. Bem além do que ensinar técnicas, os "manuais sexuais" do Oriente mostram a arte de fazer amor e conduzem a uma relação mais profunda e intensa com o parceiro. Sexo por sexo? Esqueça! Prepare-se para conhecer o verdadeiro prazer.

Veja no Bolsa TV as técnicas de pompoarismo

O legado


Além de palácios ricos em esculturas eróticas, os orientais deixaram textos como o Kama Sutra, o Ananga Ranga, o Tao e O Jardim Perfumado - grandes manuais sexuais. "A filosofia Oriental vai além do sexo, buscando a essência do casal e do indivíduo. Homem e mulher passam a trilhar um mesmo caminho de enriquecimento - do corpo e da alma - numa experiência física e espiritual magnífica", explica a pompoarista e shiatsu terapeuta Regina Racco, autora do livro "Poder sexual e qualidade de vida" (editado pela Pompoarte.com.br).

“O sexo é apenas a primeira manifestação da energia, o primeiro degrau da escada e, se você quer crescer, evoluir, se transformar, você não pode negar a base ou lutar contra ela”

Apenas a técnica não vale. Esse é um dos primeiros mandamentos das filosofias orientais. "Apesar de nós, ocidentais, termos crescido muito em termos de proteção durante o sexo, como a conscientização da necessidade do uso da camisinha, regredimos bastante no ato de fazer amor", alerta a professora especialista em artes eróticas orientais, Celine Imaguire, autora do livro Pompoarismo, o caminho do prazer (Editora Éden). Segundo ela, homens e mulheres deixaram de explorar os cinco sentidos, as sensações. "Fazemos tudo com pressa", critica Celine. "O tempo médio do brasileiro é de cinco a 10 minutos de penetração - e geralmente só o homem chega ao orgasmo", afirma.

Ela conta que entre 40% e 50% de suas alunas não sentem prazer e que, entre as que sentem, 80% a 90% têm somente orgasmo clitoriano. "Isso acontece porque elas não conhecem os caminhos do corpo. As mulheres do Oriente são mais orgásticas justamente porque experimentam as filosofias orientais do sexo, aplicando-as para prolongar o prazer", explica Celine. A professora ressalta: "São filosofias - e não religião. É bom desmistificar, porque não são a mesma coisa". De acordo com ela, toda mulher merece e pode ter esse tipo de conhecimento, porque sexo, afinal, é prazer, saúde e vida. Preparada?

As filosofias do êxtase

Kama Sutra: De origem hindu, Kama é uma divindade masculina e Sutra significa, no antigo sânscrito, conjunto de ensinamentos. O Kama Sutra é então, literalmente, um manual indiano do sexo, com 64 posições sexuais descritas através de textos e imagens. Celine Imaguire conta que o livro é resultado de uma compilação feita pelo nobre Vatsyayana, no século IV, que misturou várias técnicas sexuais dos manuais orientais, centralizando-as num só guia - o Kama Sutra - que Celine gosta de chamar de "manual da etiqueta sexual".

A especialista em artes eróticas orientais explica que, à primeira vista, parece ser impossível praticar as posições ensinadas no livro, pois parecem verdadeiras acrobacias. Mas, segundo ela, o texto diz mais do que a imagem. "Naquela época, não havia a noção de perspectiva no desenho e, por isso, as ilustrações parecem confusas, porque muitas vezes não correspondem ao que o próprio texto diz", explica Celina, cuja dica é ir desmembrando as informações do texto, e não das imagens.

CONHEÇA UM KAMA SUTRA SOB MEDIDA PARA VOCÊS

Uma das técnicas mais "quentes" e milenares dos manuais orientais, que pode ser aplicada em todas as posições do Kama Sutra, é a da ginástica íntima - pompoarismo, recomendada para todas as idades. Aprende-se a contrair os músculos intravaginais (no caso dos homens, os músculos penianos), ganhando o controle total da força muscular na região. Com isso, a mulher fortalece o canal vaginal e auxilia no seu próprio prazer e no do parceiro durante a relação sexual.

"O canal vaginal é muito sensível a estímulos. Se a resposta está fraca, tem muito a ver com a mulher estar deixando essa região de lado, em inércia provocada pelo esquecimento", explica a pompoarista Regina Racco. "Com o treinamento dos músculos, eles começam a se fortalecer. Aí, pode multiplicar por mil a capacidade erógena e de percepção dos estímulos sexuais", afirma Racco.

Além da geografia do corpo, o Kama Sutra dá ênfase ao amor e à liberação dos cinco sentidos - audição, paladar, olfato, tato e visão - além da mente. Portanto, o livro funciona como um guia para aprimorar a sensualidade e o erotismo do casal e do ambiente. Óleos, brinquedos, perfumes, música e demais estímulos sexuais e sensuais estão liberadíssimos para ajudar os pombinhos a chegarem ao clímax de forma nada rotineira.


Ananga Ranga: Na mesma linha do Kama Sutra, o Ananga Ranga, manual indiano escrito por Kalyana Malla por volta de 1172 d.C., descreve as zonas erógenas tanto dos homens quanto das mulheres e traz uma compilação de posições sexuais, muitas das quais já ensinadas no Kama Sutra. A diferença é que o Ananga Ranga foi escrito especificamente para casais, visando evitar o "divórcio" do marido e da mulher. Segundo o autor da obra, a maior razão para a separação de um casal e causa que leva ambos aos braços de amantes é a monotonia que surge nas relações sexuais. É justamente isso que o Ananga Ranga procura evitar a todo custo, prometendo aquecer os parceiros na cama.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Amar...se tu viesses ver-me-Florbela Espanca

Ser...ama-te assim....perdidamente...Trovante/Florbela Espanca

Ser poeta ....perdidamente...

Inconstâncias e saudades-Florbela Espanca

Se tudo é real-Florbela Espanca

Palavras-Florbela Espanca

Marisa-Desejos vãos-Florbela Espanca

..e agora!!!???Nós???!!!

Não mereço ser...amante... Sorriso Maroto

....Se eu me apaixonar...

Reflexão...Chico Xavier

Pensamento positivo...

interpretação facial...

Fisiognomia-leitura facial

Quiromancia...a vida nas suas mãos

Chacras-parte 3

Chacras-parte 2

explicação de chacras parte 1

Terapia de visualização de chacras

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Prince and Lenny Kravitz Fly Away

bigger.....

Mude hábitos,transforme o futuro...

Mude hábitos, transforme o futuro

Entenda como atitudes diárias podem lhe aproximar do que almeja

por Yubertson Miranda
Você gosta daqueles filmes que apresentam os efeitos futuros de ações desencadeadas no passado e no presente? Eles estão entre aqueles que mais amo assistir.
Efeito Borboleta, Dejà Vú, Alta Frequência e De Volta para o Futuro fazem parte desta lista. Fico maravilhado ao constatar as conseqüências futuras de decisões tomadas no passado. E como a mudança de um simples hábito pode mudar completamente nossa vida futura.

Há alguns anos procuro estar bem consciente no momento em que preciso tomar uma decisão. Ainda mais depois de constatar o quanto mudei radicalmente minha vida quando decidi trilhar um caminho por meio do qual obtivesse mais satisfação. Você consegue perceber a conexão entre a vida que leva hoje ser resultado das escolhas que fez no passado?

Caso você queira ter uma vida diferente no futuro, talvez seja bacana visualizar e planejar os passos que pode dar para realizá-la. E quando for efetivamente colocar em prática o que vislumbrou, preste atenção no esforço que faz. Por quê? Porque, muitas vezes, um árduo esforço pode ser um indício de que ainda não escolheu os meios mais apropriados para mudar o seu futuro.

Um exemplo aparentemente bobo, mas prático e sempre presente no dia-a-dia, é o nosso caminhar. Se damos um passo muito longo, além do que naturalmente nos sentimos confortáveis em dar, há um esforço grande. E ele pode ser improdutivo. Pois talvez nos canse, nos machuque. Em contrapartida, se dermos vários passos naturais, sem um esforço excessivo, continuaremos no caminho daquilo que vislumbramos alcançar. E serão mais produtivos. Concorda?

Dica de exercício para nos aproximar do que queremos conquistar

Creio que essa situação cotidiana pode servir como analogia às ações que decidimos empreender hoje em prol de uma vida diferente no futuro. Não precisamos de uma mudança radical de hábitos de um dia para outro. São as nossas atitudes diárias que nos aproximam das nossas metas. "Não precisamos de uma mudança radical de hábitos de um dia para outro. São as nossas atitudes diárias que nos aproximam das nossas metas. "

E é num passo após o outro que podemos desfrutar o trajeto até a concretização do que desejamos.

Uma ótima prática para vivermos algo diferente do que vivemos hoje é o de escrever cartas para o seu eu futuro. O eu futuro é você já mudado. Vive a vida que você gostaria de ter hoje. Ele já desenvolveu os hábitos que você precisará semear a partir de hoje. Acompanhe a seguir um passo-a-passo:

* 1 Escreva semanalmente cartas para você mesmo, imaginando que está no futuro. Descreva limitações e resistências que possui atualmente e que precisarão ser superadas. O eu futuro compreenderá tais bloqueios, pois os venceu. E poderá lhe aconselhar atividades úteis de auto-superação. Ao seguir os conselhos do eu futuro, o eu presente estará cada dia mais próximo de ser e viver o que você almeja.
* 2 Vislumbre que, no futuro, você já está vivenciando as situações que deseja. Imagine como você agiria, quais seriam seus sentimentos, atitudes pensamentos. Se você, por exemplo, visualiza seu eu futuro enfrentando confiantemente os desafios da vida, identificará as atitudes que gradualmente precisará tomar para alcançar esse nível de sabedoria.

* 3 Ao visualizar suas metas concretizadas, você se aproximará delas, as atrairá para você. Refletindo sobre as decisões que seu eu futuro tomou para chegar lá, o seu eu presente descobrirá quais as decisões que precisará tomar para, a cada dia, estar mais próximo do jeito de ser do seu eu futuro.

SOBRE O AUTOR
Yubertson Miranda

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo. Formado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia-a-dia. É autor das análises numerológicas do Personare.

Lenny Kravitz live with Prince...American Woman

os maiores.....

Prince - Diamonds And Pearls

beautiful.......

Diamante de 478 Kilates é encontrado no Lesohto

diamonds are forever...

Cristal lapidação diamante gigante

maravilhosoooo....

Parelhas O Fascínio das Pedras Brutas e Arte da Lapidação

O facínio das pedras...é a minha paixão....

HUGE Isis Master Quartz Crystal Point from Arkansas for sale

quartzo cristal...

Clear Quartz Crystal Pyramid

cristais....

Lapis Lazuli Crystals

cristais lápis-lazuli....

Stabilized Turquoise and Lapis Lazuli Sterling Silver......

lápis-lazúli...é linda esta pedra...

PONTAS DE CRISTAIS

cristal quartzo branco

Pedras cristal inclusão lodolita, rutilo cristaisdecurvelo

cristais....

Pedras cristal inclusão lodolita, rutilo cristaisdecurvelo

cristais....

Pedras cristal inclusão lodolita, rutilo cristaisdecurvelo

cristais

Olá, então como vais?

olá!!!tudo vai,bem para mim...

TOZÉ BRITO - SE QUISERES OUVIR CANTAR (1972)

se quiseres,amanhã
chama por mim
se quiseres amanhã
pede e grita o meu nome...
porque amanhã
eu estou aqui....

...o futuro pode ser cristalino....

O futuro pode ser cristalino

Cristais brancos ajudam a “clarear” momentos de indecisão

por Simone Kobayashi

Transformar, mexer, sair do confortável, do conhecido, tudo é um desafio. Todos os dias nos confrontamos com pequenos e grandes desafios. Em cada um deles, precisamos fazer escolhas e queremos sempre acertar, afinal as nossas decisões do presente influenciarão nosso futuro. Às vezes, nessa imensidão de desafios, nos vemos perdidos, confusos, porque não enxergamos com clareza o que pode estar por vir. Se é assim que você se encontra nesse momento, a ponta de cristal branco simboliza muito bem essas situações. E ainda pode nos ajudar a vivenciá-las.

O cristal de quartzo branco é o mais comum, fácil de se encontrar em casas de produtos naturais, lojas de acessórios e decoração para casa e feirinhas. A base do cristal branco é leitosa, opaca. À medida que ascende ao ápice, torna-se mais claro e transparente.. Esse padrão tem um simbolismo de desenvolvimento e evolução, que traduzido para nossa vida representa a nossa nebulosidade e embaçamento de consciência, que conquista uma maior claridade conforme nos elevamos.

A melhor escolha só fazemos quando temos essa clareza "cristalina". Quando nos encontramos em estado “nublado”, nossas escolhas são por inércia, comodismo ou impulso - e nada disso busca o aprimoramento. Não vamos acertar sempre, mas podemos tentar nosso melhor. É isso que nos impulsiona para cima, para o ápice.

Não vamos acertar sempre, mas podemos tentar nosso melhor. É isso que nos impulsiona para cima, para o ápice. " Não vamos acertar sempre, mas podemos tentar nosso melhor. É isso que nos impulsiona para cima, para o ápice. "

Para esses momentos de indecisão, pegue um cristal e perceba qual ou quais características dele que estão refletindo no seu momento de vida. Note o que chama mais a sua atenção. Muito provavelmente você vai perceber mais o opaco se estiver se sentindo assim, o áspero se achar que está em um momento duro, por exemplo. Medite e imagine-se caminhando dentro do cristal. Saia do nublado, busque seu ápice. O trabalho com o cristal branco nos coloca no caminho do aprimoramento, da evolução e do equilíbrio pessoal.

Meditação com o cristal de quartzo branco

* 1 Coloque-se em uma posição confortável, em um lugar tranqüilo.
* 2 Pegue sua pedra ou cristal escolhido para essa meditação e olhe detalhadamente por algum tempo, até ser capaz de fechar os olhos e "vê-lo" em todos os seus detalhes. Respire profundamente e deixe os pensamentos fluirem sem querer apagá-los ou detê-los. Concentre-se na respiração enquanto os pensamentos estiverem fluindo.
* 3Quando tiver alcançado um nível razoável de relaxamento, "veja" a pedra ou cristal em pensamento, dentro de uma contagem de 1 a 7 a sua pedra vai crescendo dentro da sua visualização até ficar do tamanho de uma montanha.Assim que vizualizar esse tamanho, você vai para a superfície da pedra e a explore, percorra-a por fora e se encontrar algum caminho por dentro também
* 4 Quando sentir-se satisfeito com suas explorações, volte ao lugar onde começou e conte novamente desta vez de 7 a 1, mas dessa vez a pedra diminuirá até o tamanho normal. Respire profundamente algumas vezes e movimente-se delicadamente para voltar ao estado de alerta normal e abra os olhos.
* 5 Escreva tudo o que viu, ouviu ou sentiu durante sua visualização. Esses detalhes são importantes para aprimorar a meditação. Quanto mais vezes fizer e anotar, mais vívida será a sua visualização. Essa meditação nos auxilia a encontrar o equilíbrio pessoal, por isso é recomendada para os momentos “nublados”.

SOBRE O AUTOR
Simone Kobayashi

Terapeuta Holística . Ministra cursos sobre Geoterapia, Cristalopuntura, Auriculoterapia e Reiki. Autora do livro "Pedras e Cristais - Em Busca do Equilíbrio", faz atendimentos em consultórios em Vila Madalena,Parque Continental e Jardim Bonfiglioli, todos em São Paulo. Mestra Reiki, se dedica aos estudos de cristais, florais e holopuntura. Seus atendimentos englobam Acupuntura, Cristalopuntura, Massagem Terapêutica com Pedras e Cristais, Harmonização e Equilíbrio dos Chakras, Reikristal, Auriculoterapia e Florais de Bach e de Minas.

Sua vida é um reflexo de quem você é......

Sua vida é um reflexo de quem você é

Conheça a si mesmo através das situações que atrai e ganhe confiança

por Yubertson Miranda

A partir de livros e filmes no estilo O Segredo, Quem Somos Nós e Peça e Será Atendido, resolvi praticar a lei da atração. Deparei-me com muitas frustrações. Diante dos resultados "negativos" de não conseguir o que desejava, como não aumentar meus rendimentos financeiros em determinado mês, sentia-me desanimado.

Conseqüentemente, procurei identificar as causas dessa "incapacidade" de atrair o que queria realizar. E a vida foi o mestre. Através das circunstâncias em que vivia, enxerguei a mim mesmo. O reflexo do que me ocorria exteriormente me permitiu enxergar a causa de meus "fracassos." Porque o meu estado interior era visível nas situações. Reconheci o que muita gente chama de sinais. Sim, realmente, a vida nos envia sinais.

Vou exemplificar. Em muitos momentos, eu aplicava técnicas para atrair um relacionamento harmonioso com as pessoas numa reunião. Porém, ao estabelecer vínculos e conversas com elas, essa harmonia não era encontrada. Os ambientes em que nos encontrávamos ficava agitado. Ou elas brigavam. Não havia entendimento enriquecedor. Enfim, ocorria o oposto do que pretendia. E isso me frustrava.

Então, parei de olhar externamente e direcionei-me para mim. O que aqueles conflitos e desentendimentos na reunião revelavam sobre mim? Eles refletiam o quanto eu sentia-me tenso em querer controlar tudo e todos para estabelecer acordos. Se algo saía errado no início de nossas conversas, eu me descontrolava e esforçava para corrigir o que gerou desconforto entre todos. Não relaxava. Não me entregava ao momento. E não buscava primeiro a paz em mim mesmo.

Bingo! Era isso! Primeiro eu precisava sentir-me em paz. Com confiança de que tudo sairia da maneira mais apropriada para todos, me abri. Passei a ser receptivo aos imprevistos e às aparentes desarmonias. Os conflitos surgiam. E eu os acolhia. Óbvio que eles se resolviam na interação entre nós e criavam uma união ainda mais proveitosa para todos. Aprendi o segredo.

Em vez de querer direcionar um controle sobre o exterior para nos proporcionar o que desejamos, o foco deve voltar-se para um trabalho interno."Em vez de querer direcionar um controle sobre o exterior para nos proporcionar o que desejamos, o foco deve voltar-se para um trabalho interno." Desenvolvendo o pensamento, o sentimento e a postura condizente com o que queremos viver, haverá mais chances de conseguirmos o que tanto desejamos.

Isso equivale a dizer, por exemplo, que quem quer aumentar seus rendimentos financeiros, precisará, primeiro, empreender tarefas internas, tais como perceber suas crenças com relação ao dinheiro. Porque não há milagres. Por mais que exercitemos a lei da atração, só alcançaremos o resultado pretendido se antes pesquisarmos, compreendermos e mudarmos os hábitos que temos. Afinal, estes podem revelar a atração do oposto daquilo que desejamos. Daí a importância de alinharmos nossas crenças aos nossos desejos.

Yubertson Miranda

Numerólogo, Astrólogo e Tarólogo. Formado em Filosofia pela PUC/MG, desde pequeno é empenhado em compreender a alma humana. Sua busca por encontrar sentido na vida ficou muito intensa a partir dos seus 19 anos, quando peregrinou por diversos grupos e crenças. Sempre gostou muito de escrever. É uma forma de transmitir o que pesquisa, experimenta e compreende. Hoje, com mais de 15 anos de profissão, além de ser autor das interpretações de Numerologia dos serviços Personare, ministra cursos de Astrologia, Numerologia e Tarot.

E-mail: yubertson-revista@personare.com.br

Blog: http://yub-universosimbolico.blogspot.com

1 Coleccion de piedras: pirita.

e,voltei à pedra da prosperidade....recomendo...

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

...dia de s.receber...xutos e pontapés....

...fim do mês...xutos e pontapés....

Pirita,a pedra da prosperidade

Pirita, a pedra da prosperidade

Aprenda como usar essa pedra para unir forças na busca por suas metas

por Simone Kobayashi

Muitas pessoas me perguntam qual a pedra para "ganhar dinheiro". Explico que essas soluções mágicas e instantâneas não existem. Temos que buscar soluções procurando as raízes do problema.

A crise econômica mundial nos ensinou bastante sobre o conceito geral de crise. Principalmente que ela não se apresenta por um único motivo, e sim por um conjunto de situações. Uma crise não surge de repente, ela vai se avolumando e crescendo com o tempo. Para que a conseqüência final seja positiva, temos que fazer novas escolhas, rever objetivos e prioridades. Enfim, para sobreviver às crises, precisamos mudar padrões.

A pirita é uma pedra também conhecida como o "ouro-dos-tolos" por sua cor dourada e semelhança com o minério nobre. Na maioria das vezes é encontrada com um conjunto diversificado de formas, simbolizando as várias formas e forças que atuam em uma situação.

Por exemplo, para ganhar dinheiro precisamos do trabalho, competência, dedicação, força de vontade, inteligência, estratégia e ação. O conjunto dessas características é o objetivo maior que, por fim, resultará no sucesso financeiro.

Como limpar e energizar sua pedra

A limpeza energética pode ser feita de várias maneiras. Coloque as pedras em cima de uma drusa (aglomerado de cristais em uma mesma base); deixe-as na chuva; lave-as em água corrente ou em água com sal grosso.

Usamos a pirita para simbolizar essa junção de forças e nos lembrar dos nossos objetivos. Podemos colocá-la na mesa de trabalho ou em local de destaque no escritório, depois de limpá-la e energizá-la (veja ao lado). A pirita nos ajuda a manter o foco em nossas metas, buscar as características necessárias para alcançar tais objetivos e lidar com as diferenças e adequações necessárias. Se não for assim, a pirita será somente o "ouro-dos-tolos"...
SOBRE O AUTOR
Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística. Especialista e estudiosa das pedras e cristais há 15 anos, se dedica à junção de técnicas para o equilíbrio e harmonização, como Cristalopuntura e Reikristal. Saiba mais »
contato: simone@holisticaonline.com.br

É possível perdoar uma traição?

É possível perdoar uma traição?

Enxergue o aprendizado da situação e liberte-se da dor ou culpa

por Ceci Akamatsu
Estamos permanentemente vivendo oportunidades de aprendizados e crescimentos a partir de nossas escolhas. Quando não as realizamos de forma consciente e em sintonia com nossa verdade interna, isso se reflete externamente, em nosso corpo físico, em nossos relacionamentos e em todas as situações em que vivemos.

Quando tomamos repetidamente escolhas de forma inconsciente, estes reflexos se manifestam a princípio de forma mais sutil e limitada. Apresentam-se como pequenos mal estares físicos e acidentes, ou em pequenas brigas e desentendimentos em nosso dia-a-dia. Quando não aprendemos a enxergar e compreender as lições que essas situações nos mostram enquanto ainda sinalizam de modo menos intenso, podem se amplificar em doenças graves, grandes perdas ou acidentes, e até mesmo traições afetivas.

Culminação extrema de um longo processo anterior, as traições em relacionamentos nunca acontecem à toa. Sempre apontam uma situação subjacente, essa sim o foco de nossa atenção ao se lidar com a traição. A responsabilidade nunca é exclusivamente do "traidor". Ele pode ter sido o agente ativo, mas o "traído" é também agente, ainda que passivamente.

Ao vivenciar uma traição é importante que, apesar de toda a dor, se encare conscientemente a situação. Acesse o processo subjacente buscando sua própria responsabilidade nele. A principal pergunta não é "Porque ele(a) fez isso?" ou "O que eu fiz de errado?", mas "O que essa traição mostra sobre mim? Que questões minhas estão envolvidas na situação?". Evite a armadilha de culpar o outro ou a si mesmo, pois isso também significa negação e fuga, apenas agravando a situação."Evite a armadilha de culpar o outro ou a si mesmo, pois isso também significa negação e fuga, apenas agravando a situação."

Uma vez detectada sua questão, assuma sua responsabilidade, enxergue e aceite a situação como ela realmente é. Saia do papel de vítima e de culpa, e comprometa-se com você mesmo em enxergar e aprender efetivamente a lição implícita na situação. Você pode procurar ajuda terapeutica e orientação profissional. Não importa qual o caminho escolhido, mas ao realizar esse compromisso, concretize-o em ações e nas transformações necessárias.

Perdoar uma traição significa antes de tudo, perdoar a si mesmo: aceitar sua verdade e assumir seu aprendizado na situação. Só assim será capaz de enxergar a verdade do outro e assim, perdoá-lo. Se isso significa que vai haver reconciliação ou não, não importa. Sem o autoperdão, a lição que a traição veio mostrar continua não aprendida. A raiz da traição continua não resolvida dentro de você, e futuramente ela se mostrará novamente em outra situação desagradável, ou até mesmo em outra traição, seja com o mesmo parceiro ou com outro.

Entrar em contato com a raiz da traição dentro de si pode ser extremamente doloroso. Se até o momento houve negligência em relação a essas questões, bem provavelmente elas não devem ser fáceis de se encarar. No entanto, por mais dolorido que seja o processo, mergulhe e liberte-se. Encare suas lições ao invés de mascarar a dor. Vá ao âmago da questão principal e resolva não só essa traição, mas todas as situações que antes dela vieram. Liberte-se para vivenciar um futuro com novas experiências mais agradáveis.

Reflexões que auxiliam a esclarecer sua responsabilidade e suas escolhas

Como eu me coloco no relacionamento? Minha postura é agressiva? Ou muito passiva? Tenho muito medo de perder meu(inha) parceiro(a)? Faço de tudo para não abrir mão do relacionamento?

Há questões mal resolvidas com meu parceiro? Que comportamentos e atitudes minhas contribuíram para que se tornassem mal resolvidas? Quais questões do relacionamento tenho evitado lidar? Quero e estou disposto a tentar resolvê-las?

Meu parceiro está pronto para um compromisso de fidelidade? Estou disposto e tenho estrutura emocional para (re)construir esse compromisso?

Construo ilusões e expectativas com base nos meus sonhos e espero que meu parceiro atenda a elas?

SOBRE O AUTOR
Ceci Akamatsu

Ceci Akamatsu

Terapeuta acquântica, faz atendimentos individuais no Rio de Janeiro e em São Paulo. Bióloga por formação, se especializou em terapias que promovem a harmonia e o bem-viver. Saiba mais »
contato: ceciakamatsu@gmail.com

O que fazer quando a paixão esfria?

O que fazer quando a paixão esfria?

Acabe com a monotonia reaprendendo a compartilhar seus sentimentos

por Vanessa Mazza
Quando nos apaixonamos, nos sentimos adentrando um mundo novo, cheio de novidades. Queremos experimentar tudo, aproveitando cada novidade, cada momento ao lado daquele outro ser humano. Pois, misteriosos e imprevisíveis, estes novos parceiros vão sendo descobertos, analisados, catalogados em nossa mente e nossa vida começa a se ajustar de forma que nossas individualidades convivam harmoniosamente. Desse modo, concessões são feitas, assim como acordos, discussões e planejamentos.

É assim que aquela maré de emoção e paixão passa, deixando a suavidade do amor, da confiança e do respeito mútuos. Isso é muito bom até certo ponto, porque, curiosamente, acontece uma coisa estranha com grande parte dos casais: eles começam a perder energia, a se tornar monótonos, previsíveis e sem graça. Parece que chega um momento em que não há mais anda a falar.

Esta situação se dá quando começamos a nos acostumar tanto com a outra pessoa, que caímos no costumeiro erro de acreditar que a entendemos completamente, que sabemos exatamente como ela é, o que pensa, o que sente. Assim, munidos desta sensação, não a observamos mais com atenção, não percebemos suas nuances, suas mudanças e o que está de fato nos dizendo. Simplesmente paramos de nos comunicar com ela.

Isso decorre porque, pela força da convivência e, como consequência de nossa entrega inicial, acabamos perdendo muito da nossa individualidade, com o fim de nos ajustarmos à relação. Paramos de fazer certas coisas que eram nosso costume quando estávamos sozinhos, deixamos de ver algumas pessoas queridas. Nosso tempo livre acaba sendo direcionado para as atividades do casal, que no momento é nossa prioridade. Enfim, paramos de pensar em termos de "eu" para pensar em "nós". E este "nós"pode se tornar extremamente nocivo, pois perdemos a noção de como é bom estarmos sozinhos, de que no nosso silêncio e nas nossas atividades individuais, crescemos como pessoas. Sem isso, vamos morrendo por dentro até chegar ao instante em que nada mais temos a acrescentar ao outro. Afinal, ele vê tudo, sabe de tudo. O mistério se foi. Mesmo que você mude, a tendência é que seu companheiro projete em você julgamentos que podiam ser verdade antes, mas que não fazem mais sentido hoje. Desta forma, o sentimento de mágoa e incompreensão começa a minar o relacionamento, antes tão feliz, levando-os muitas vezes à separação.



Não existe amor sem compartilhar

O pensador indiano Osho diz que "a alegria do amor só é possível se você tiver conhecido a alegria de estar sozinho, porque só então você terá algo para compartilhar". Isso é verdade, porque se você estiver num relacionamento esperando que o outro lhe traga felicidade, que o outro faça você se sentir especial, enfim, que o outro lhe complete, então é muito provável que você nunca seja feliz e que nunca faça seu parceiro feliz. Pois, obviamente, se você espera isso dele é porque não tem nada para oferecer. Tristemente ele também está esperando algo de você que nunca vem. São, portanto, duas pessoas tristes, sem nada, perdidas, esperando ser salvas. Mas como duas pessoas vazias podem completar uma à outra?

Bote salva-vidas: O que fazer para evitar este desfecho

* Permita que seu companheiro tenha atividades individuais, como hobbies, passeios, viagens e saídas com amigos sem você;
* Não fique monitorando o outro como se fosse uma mãe ou pai desesperados atrás do filho. Lembre-se que seu companheiro é um adulto e que, até que seja provado o contrário, é fiel e ama você;
* Tenha você também atividades fora do relacionamento, assim não ficará tão focado no outro;
* Cuide mais de si mesmo para fortalecer a auto-estima e a confiança em si mesmo, além disso, companheiro bonito se torna difícil de largar;
* Não conte tudo sobre você, espere que o outro pergunte;
* Tente renovar seu cotidiano vestindo roupas diferentes, fazendo programas juntos que sejam inusitados, experimentando lugares e comidas alternativas;
* Volte a estudar, retome ou crie algum hobby para você.



Confira também no Especial Mês dos Namorados:

Histórias de amor sem lugar comum Casais contam como mantém relacionamentos felizes sem seguir padrões http://www.personare.com.br/revista/materia/169/historias-de-amor-sem-lugar-comum

Química em relacionamentos amorosos Como a Astrologia explica as mudanças que vivemos ao nos apaixonar http://www.personare.com.br/revista/materia/170/quimica-em-relacionamentos-amorosos

Apimente seu Dia dos Namorados Conheça alguns alimentos afrodisíacos e aprenda uma receita especial http://www.personare.com.br/revista/materia/167/apimente-seu-dia-dos-namorados

Tome as rédeas da sua felicidade Assuma um compromisso com você mesmo e alcance a satisfação afetiva http://www.personare.com.br/revista/materia/168/tome-as-redeas-da-sua-felicidade

Reaqueça sua vida sexual Florais que despertam a sensualidade e revitalizam a intimidade http://www.personare.com.br/revista/materia/177/reaqueca-sua-vida-sexual

O que fazer quando a paixão passa? Acabe com a monotonia reaprendendo a compartilhar seus sentimentos http://www.personare.com.br/revista/materia/166/o-que-fazer-quando-a-paixao-passa

Ame a si mesmo para ser amado Descubra o verdadeiro amor aprendendo a se aceitar e se respeitar http://www.personare.com.br/revista/materia/172/ame-a-si-mesmo-para-ser-amado

É possível perdoar uma traição? Enxergue o aprendizado que situação traz e liberte-se da dor ou culpa http://www.personare.com.br/revista/materia/173/e-possivel-perdoar-uma-traicao

Filhos prejudicam a relação? Quando a família aumenta, é preciso saber lidar com essa transformação http://www.personare.com.br/revista/materia/174/filhos-prejudicam-a-relacao

Veja a crise como uma oportunidade Aprenda a crescer ao invés de sofrer quando o relacionamento muda http://www.personare.com.br/revista/materia/176/veja-a-crise-como-uma-oportunidade

Encontre-se consigo mesmo Sugestões especiais para aproveitar o Dia dos Namorados sozinho http://www.personare.com.br/revista/materia/175/encontre-se-consigo-mesmo

SOBRE O AUTOR
Vanessa Mazza

Vanessa Mazza

Taróloga, acredita que não existe nada mais rico do que a alma humana. Conhecê-la e desmembrá-la em inúmeros significados através do Tarot tem sido seu trabalho há mais de 10 anos. Saiba mais »
contato: vanne.furquim@gmail.com
SOBRE O AUTOR
Celia Lima

Celia Lima

Psicoterapeuta Holística, utiliza florais e técnicas da psicossíntese como apoio ao processo terapêutico. Presta atendimento individual e em grupo, e serviços de choaching pessoal, profissional e organizacional. Saiba mais »
contato: celia80@ig.com.br

Encare o prazer de outra forma

Encare o prazer de outra forma

Como viver sua sexualidade sem cobranças, seguindo seus desejos

por Celia Lima

Num primeiro momento, as mulheres precursoras do feminismo encorajaram a legitimidade do sexo pelo sexo. Muitas embarcaram nessa aventura porque é mesmo muito difícil resistir à caixa inteira de bombons quando se está há um ano sem comer um docinho sequer. E caíram de boca nesses bombons, mesmo que isso tenha passado a lhes custar trocar pneus, consertar chuveiros, carregar sacolas pesadas e arcar sozinhas com as responsabilidades junto aos filhos, com o sustento da casa e o difícil encontro com a solidão da autonomia.

Muito do "espírito feminista" esteve atrelado a um revanchismo contra os homens. O que muitas mulheres não perceberam, é que eles também tiveram que ajustar seu comportamento com a nova realidade que o contexto sócio-cultural impunha. Não sabiam mais como equilibrar o comportamento nos novos tempos. Daí surgiu a proposta do relacionamento aberto e uma grande desordem emocional foi instalada. Para que o homem se sentisse seguro junto à sua parceira, percebeu o quanto era importante prestar atenção a ela, em seus prazeres, para que a vida sexual fosse longa.

Ora, sexo é muito bom, é prazer puro e deve ser exercitado. Não é preciso atrelar sexo a amor como costumávamos fazer para justificar a realização dos nossos desejos. Isso foi um grande ensinamento do universo masculino para nós. Mas parece que muitas mulheres, depois que se casam, esquecem de apreciar os prazeres do sexo, como se ter se tornado esposa ou mãe nublasse ou deixasse sua natureza de fêmea eclipsada. Seus parceiros se ressentem com a mudança de comportamento, já que o homem consegue não misturar as estações. Percebendo o quanto o sexo - a presença ou ausência dele - interfere no humor masculino, consciente ou inconscientemente a mulher transforma o sexo numa "arma".

Muitas vezes a mulher passa a seduzir para obter vantagens e também a negar sexo como forma de punição. Inúmeras mulheres, diante de um comportamento que elas desaprovam de seus parceiros, dizem: "Não me procure". Como se negando a seu companheiro o prazer do sexo, não estivessem negando a elas também. Quantas vezes não pedimos exatamente o contrário do que estamos querendo que eles façam? Ao invés de buscar o entendimento, o esclarecimento da situação que as aborreceu, as mulheres usam o sexo como arma para obter um pedido de desculpa, para demonstrar sua irritação.

Isso muitas vezes ocorre mesmo de forma inconsciente e as "dores de cabeça" são reais. Outras mulheres vivem com problemas ginecológicos. É o corpo materializando a negação do prazer ao outro - e a si mesmas. Quando o casal não prima pelo diálogo, acaba demonstrando seu desagrado na prática. Assim, o corpo reage e surgem as famosas desculpas para evitar o contato mais íntimo.

As mulheres se perguntam como é que seus parceiros pensam em sexo depois de um dia difícil, quando brigaram, bateram o carro... É hora de aprender com os homens: sexo relaxa, acalma, revigora."As mulheres se perguntam como é que seus parceiros pensam em sexo depois de um dia difícil, quando brigaram, bateram o carro... É hora de aprender com os homens: sexo relaxa, acalma, revigora." Nos faz sentir vivos, capazes. Os homens obedecem seus corpos e nós devemos seguir esse exemplo. É certo que tendemos a pensar que os homens funcionam na base do "plug and play" com relação a sexo, pensamos que eles são como máquinas nesse terreno. Isso não é verdade, eles desejam realmente suas parceiras. Já nós precisamos de um estado emocional todo propício para que a relação aconteça, e é aí que se pode modificar o olhar sobre a questão.

É importante lembrar que o momento da relação sexual entre um casal é o momento de maior intimidade. É só ali que os dois querem exatamente a mesma coisa, ou seja, ter e proporcionar prazer. Declarar o desejo, a paixão. É nessa hora que os dois se misturam, não tem divergências de opiniões, não tem prestação do carro para pensar, não tem que decidir sobre a escola das crianças. Estão ali, um para o outro.

Sexo promove a intimidade da alma, ambos se descobrem continuamente. Proponho às mulheres que se permitam experimentar sexo mais vezes com seus parceiros. Que olhem objetivamente para o prazer que podem encontrar na entrega. Que caso tenham uma real dor de cabeça, tomem um comprimido antes de ir para a cama. Que falem sobre suas fantasias, que experimentem eliminar o tabu do "estou muito cansada".

Convido as mulheres a refletirem: o que no início da liberação feminina era tido com um direito, o direito aos prazeres, pode ser visto hoje como uma verdadeira e genuína entrega, como um presente ofertado a si mesmas. Afinal, nós também podemos nos entregar às inúmeras possibilidades e alegrias que o sexo proporciona. É hora de quebrar paradigmas.

Por que não?

* Nos momentos de estresse, feche os olhos deixe vir lembranças dos momentos de sexo.
* Converse muito com seu par a respeito de prazeres, de fantasias
* Quando ele a procurar num momento em que você não está muito disposta, não diga não, não o evite. Imprima você o ritmo, pedindo para ele falar o que deseja de você. Entregue-se às palavras e seu corpo ficará predisposto...
* Busque a maior intimidade possível com seu par, instigue-o por telefone, por exemplo, durante o dia. Os jogos de sedução com o parceiro são estimulantes.
* Fique no comando quando achar que não vai conseguir se soltar. Aos poucos você entra no clima e se deixa arrebatar.
* Não esqueça: nossos corpos são um grande parque de diversões. Encare o prazer com mais leveza, como realmente um prêmio.

O passado sabota sua vida a dois?cont...

O passado sabota sua vida a dois?

Não deixe que fatos antigos influenciem seu relacionamento atual

por Ceci Akamatsu

A jovem desse caso conseguiu, no momento em que sentiu o mal-estar, perceber que havia algo errado com os sentimentos dela e não reagiu a situação. Esperou e preferiu ter lucidez para então agir. Com o exercício desta auto-observação e consciência, logo esse processo passa a ser mais rápido. E mantendo esta atitude você substitui aquela programação automática do passado por outra mais consciente.

Técnicas terapêuticas para conscientização e limpeza destes sentimentos e registros podem facilitar o processo, tornando-o mais rápido e menos doloroso. Mas o simples exercício de estar atento aos sentimentos e não se deixar levar por eles já proporciona uma grande oportunidade para sair da programação automática inconsciente.

Ao deixar a situação de vítima para agir como agentes de nossos sentimentos, sentimos liberdade e leveza. Lidar com aquilo que é real, libertando-se do peso do passado, nos possibilita novos patamares de atitudes e relacionamentos.

O passado sabota sua vida a dois?

O passado sabota sua vida a dois?

Não deixe que fatos antigos influenciem seu relacionamento atual

por Ceci Akamatsu

Uma jovem estava em um momento romântico com seu novo namorado, quando o celular dele toca. Ele atende, diz que a ligação está ruim e sai do quarto, como que procurando um lugar para ouvir melhor. Volta uns 10 minutos depois. Ela não consegue nem olhar nos olhos dele. Sente-se profundamente desrespeitada, com muita raiva e uma sensação de traição. Tenta disfarçar, inventa uma desculpa e vai embora, sentindo enjôo e mal-estar. Ela queria gritar, xingar, acusar. Mas sabia que havia algo errado. Houve uma falta de consideração do namorado em retirar-se do quarto para falar no celular. Mas não o suficiente para causar tamanho mal-estar e raiva. Ela nem ao menos tinha certeza se realmente ele havia se afastado para que ela não escutasse a conversa. Na mesma hora em que começou a sentir o mal-estar, ela percebeu que todo aquele cenário do quarto, o celular tocando, e o namorado se afastando para falar em outro local, a levava para os sentimentos relativos às muito dolorosas traições de um antigo namorado. Aquela raiva e dor não eram relativas àquela situação específica, e sim à outra do passado.

Ela agradeceu a si mesma por não ter tido uma reação explosiva, e ter tido tempo para analisar e pensar melhor sobre a situação. Depois, mais calma, conversou com o namorado explicando-lhe tudo que tinha acontecido, prometendo-lhe que iria trabalhar para limpar esses registros e sentimentos do relacionamento antigo, e pedindo, por favor, que ele também tivesse mais sensibilidade ao atender o celular.

Quantas vezes você não reagiu a uma situação sem se dar conta que, na realidade, o que sentiu era relativo a uma situação do passado? Você costuma agir ou reagir diante dos acontecimentos de sua vida? "Você costuma agir ou reagir diante dos acontecimentos de sua vida? "

Em relacionamentos nos quais existe uma rotina e a maior repetição de certas situações, estamos mais sujeitos a criar reações automáticas, condicionadas a certos sentimentos. E mesmo quando a situação não é a mesma, nossas reações são. Reagimos como robôs programados pelos eventos passados. O sentimento fica tão arraigado que é difícil enxergar a realidade, pois ela é percebida com o sentimento passado registrado dentro de você, que funciona como uma lente que distorce uma cena.

Sensações que dizem muito....cont...

Sensações que dizem muito

Quando tiver intuições que não sabe explicar, permita-se senti-las

por Bruna Rafaele

Quando somos crianças, esse contato com a alma é muito mais permitido e aceito pela sociedade. Por isso, muitas crianças têm sonhos e falam coisas que a princípio acreditamos que elas não seriam capazes de saber, nem de ter certas atitudes. Depois, com o passar dos ensinamentos da sociedade, fazemos com que as crianças sejam um pouco tolhidas. Elas começam a achar que sentir e vivenciar a magia da alma é coisa que pertence ao mundo infantil. Ao crescer, acabam se desconectando um pouco de suas próprias almas.

É muito interessante o desdobramento das mensagens e como elas chegam a nós. Observe ao seu redor e veja mensagens simples. Por exemplo, uma mulher é questionada se está grávida por várias pessoas num determinado período. Isso pode estar querendo lhe indicar que ela está numa fase mais propícia à gravidez, à fertilidade e também à criatividade em vários sentidos. Pode servir tanto como um alerta como um toque para que a mulher se abra mais para suas aptidões disponíveis.

Nós não precisamos de muito para ser felizes e nos encontrar dentro de nós mesmos. Precisamos apenas nos permitir sentir a vida em nós, assim como seus fluxos de energia que fluem em nós.

Para refletir:

* Você já percebeu que em sua própria vida você tem sensações que não sabe como explicar? Você tem ouvido a sua vontade no meio de tantas outras vontades ao seu redor? Já descobriu o que é para você importante para continuar a viver ou ainda acha que é igual a todo mundo?
* Assista ao filme “O Som do Coração” e se deixe levar pelo mundo mágico da alma dos personagens fluindo e indicando os caminhos deles. Observe se há alguma possibilidade de um dia em sua vida ter existido alguma mensagem que você recebeu. Se a seguiu, como foi essa experiência para você? Estou curiosa para saber os relatos dessas experiências!

Sensações que dizem muito....

Sensações que dizem muito

Quando tiver intuições que não sabe explicar, permita-se senti-las

por Bruna Rafaele

Sabe quando acontece de vir uma vontade que não sabemos de onde vem junto com uma certeza de algo? E quando a vida vai nos dando as pistas necessárias para que acreditemos ainda mais nessa sensação? Pois é, essas sensações são mensagens que nossa alma traz sobre nossas missões e caminhos para encontrarmos nossa felicidade.

Ao ver o filme “O Som do Coração”, fiquei impressionada ao perceber como temos cada vez mais exemplos de que nossa alma se comunica conosco o tempo todo. No filme, o menino sente que precisa fazer sua música porque, através dela, vai realizar seu objetivo. Sua mãe também sempre sentiu uma voz que lhe dizia que seu filho estava vivo, apesar de não haver nada concreto que comprovasse isso. Pois é, muitas vezes as pessoas demoram muito tempo de suas vidas para acreditar que essas sensações são verdadeiras. Afinal, não são algo palpável, não vêm de ninguém nem de nada externo à própria pessoa.

Ao nos deixarmos levar pelas sensações, nos permitimos observar que no meio das incertezas, das situações mais inusitadas, sempre há um aprendizado a ser entendido e absorvido por nós. Basta nos abrirmos a essas mensagens da alma.

Provavelmente você já vivenciou uma situação em que sua intuição, sua voz interior, já tinha passado informações a respeito deste acontecimento ou pessoa. Provavelmente, você não deu importância e achou que fosse coisa de sua cabeça, causada pela sua grande criatividade.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O momento certo pode ser agora!!!

O momento certo pode ser agora

Pare de usar o tempo como escudo, deixando tudo para depois

por Juliana Garcia
Quantas vezes atropelamos e desconsideramos o sinal de que seria preciso dar uma pausa? Quantas vezes nos esquivamos de vivências importantes por querermos esperar o tempo em que estaremos "prontos"? Em cada um desses extremos, perdemos de vista o que realmente importa.

De um lado, o corre-corre: o relógio como um oponente cruel com quem acreditamos travar uma luta. Luta-se contra as linhas no rosto, luta-se contra os sinais de fadiga, luta-se contra os limites.

O mundo acelerado gera publicidade e nela se vende a ideia de que aquele que não acompanhar o ritmo imposto ficará pra trás. Mas qual será o fim dessa viagem? Dá tempo de pensar se quero isso para mim? São tantas horas preenchidas na agenda que, quando temos uma folga, precisamos logo pensar com o que iremos preencher! Não há tempo para estar consigo mesmo, para viver os ciclos naturais, e não apenas seguir adotando o que se vende como o ideal.

Outra postura comum nessa relação com o tempo é a que o usa como fuga. Em algumas situações, nos pegamos escondidos por trás de justificativas cabíveis racionalmente, mas que servem, no fundo, à vontade de tudo controlar, ao orgulho que não admite erros, ao medo de não ser perfeito o suficiente. Esperar "estar pronto", em muitos momentos, é uma maneira secreta de esconder o que ainda não sabemos com uma máscara do tipo: "oh, sim, sei dar tempo ao tempo", quando se poderia dizer na realidade: "não vou me expor, enquanto não tiver plena certeza". E essa certeza, quando chegará? Enquanto não chega, vamos vivendo pedaços.

Quaisquer desses caminhos nos retiram do agora. Esse misterioso tempo que nos escapa cada vez que tentamos controlá-lo é o único tempo no qual é possível criar, agir, viver. Correr loucamente atrás do amanhã nos torna seres mais cansados, envelhecidos (e não maduros), indispostos, estressados. Fugir loucamente do hoje nos torna alienados e nos deixa com a sensação de que nada podemos.

Nos desafios vividos no presente é que descobrimos que esse é o único caminho que podemos trilhar."Nos desafios vividos no presente é que descobrimos que esse é o único caminho que podemos trilhar." É imprescindível um horizonte que se deseje alcançar, mas é preciso também pisar no chão que está imediatamente debaixo dos pés para que se possa chegar a algum lugar.

Respeito ao tempo

Escolher o caminho da alma não equivale a seguir um caminho de facilidades mas, sim, construção e renovação constantes. É sempre se ver a caminho, é sempre notar que há algo mais, algo de misterioso e de essencial a se descobrir.

Respeitar o tempo nos proporciona presença e inteireza. Essa diretriz nos permite respeitar as pausas pedidas pelo corpo, pela alma, pelo que nos cerca. Da mesma forma, nos aproxima dos desafios nos quais nem sempre teremos o controle em nas mãos, abrindo espaço para o novo.

Em nosso íntimo há fome e sede de beleza, de amor, de conhecimento. Há muitas fomes, algumas guardadas, outras sufocadas. Mas basta lançarmos atenção para o que está aqui dentro e tudo isso desperta! Em alguns momentos podemos até ficar um pouco zonzos e ansiosos. É porque nos damos conta de que estivemos famintos por um longo tempo.

Precisamos vivenciar o passo-a-passo, os ciclos, encontrando o equilíbrio entre caminhar contra o tempo ou usá-lo como escudo deixando tudo sempre para depois. Em cada um desses extremos acabamos deixando de viver de maneira absoluta o hoje e suas possibilidades de crescimento.

Como você viveu suas últimas horas? Como pretende viver as próximas? Refletir sobre nossos ritmos é um importante passo para escolhermos que tipo de vida queremos levar de agora em diante.

O que há de repetitivo na sua vida

O que há de repetitivo na sua vida?

Identifique os padrões de acontecimentos que você tem atraído

por Bruna Rafaele

Você já reparou que existem situações que se repetem em sua vida? Quando os acontecimentos bons ocorrem repetidas vezes é sinal de que estamos abertos para que aquele tipo de bem aconteça em nossa vida. Mas quando acontece algo ruim de novo é sinal de que? Será que não há nessa repetição um aprendizado que você ainda não conseguiu entender?

De acordo com a Metafísica, isso acontece porque geramos certos padrões de acontecimentos em nossas vidas. Nós vivenciamos as repetições para entendermos o que está dentro de nós que acaba atraindo do lado de fora tais situações"Nós vivenciamos as repetições para entendermos o que está dentro de nós que acaba atraindo do lado de fora tais situações" que servirão como lições.

Pessoas que atraem a traição, por exemplo, costumam ser desleais consigo mesmas. O que pode desencadear essa atração pode ser simplesmente algo que a pessoa tenta esconder dela mesma. Ou uma atitude que ela não toma e acaba fazendo o que todo mundo faria no lugar dela. Assim, ela se nega, se reprime e se trai.

Outro exemplo: pessoas que ficam em segundo plano na vida amorosa e profissional geralmente são aquelas que se colocam como alguém que quer passar transparente pela vida. Não querem assumir grandes compromissos nem com elas mesmas, muito menos com os outros. Assim, acabam sendo sempre trocadas e substituídas, porque negam o seu valor e sua importância no mundo - simplesmente porque, no fundo, sentem-se inferiores. Muitas vezes essas pessoas têm seus negócios falidos e relacionamentos fracassados porque não apostam suas moedas em si mesmas. Você percebe como somos capazes de nos sabotar?

Reflita e identifique o que você tem atraído

E você? Enquanto está lendo, está buscando descobrir o que se repete em sua vida? Uma boa ajuda para descobrir isso pode ser através de um amigo observador. Mas não escolha pedir ajuda para aqueles que são muito críticos - porque eles podem lhe colocar para baixo e não é esse o propósito. Pense de quantas maneiras diferentes você acabou passando por situações muito similares e que te fizeram se sentir mal por dentro, mesmo que você não tenha demonstrado isso para outras pessoas. Assim que você detectar o que se repetiu, busque descobrir o que precisa mudar em você para não continuar atraindo esse padrão.

Uma ajuda profissional pode lhe ajudar a compreender as reais razões que lhe levam a se envolver nestas situações. Na Metafísica, por exemplo, nós acreditamos que através de decretos feitos com muita fé nas palavras e na nossa capacidade de melhorar nossa qualidade de vida, nós trabalhamos nossa mente para desfazer esses bloqueios de energia que nos incomodam. Assim, obtemos uma vida com mais amor, paz e harmonia.

Decretos são afirmações que fazemos acreditando na força de mudar um padrão nosso de pensamento. Por exemplo, quando a pessoa se sente inferior, ao enviar para seu corpo e sua mente o decreto de que ela não se sente mais dessa forma, a força dessas palavras começa a alterar seus padrões de acontecimentos.

Olhar para dentro, refletir sobre o que lhe incomoda no mundo é justamente dar um grande salto sobre a fogueira do medo, aprender a lição e passar para outras etapas maravilhosas que a vida tem a lhe oferecer.

...bora lá...é só clicar...

LeePubli.com

ganha a ler mails...já o fazes mas por aqui...ganhas o teu...clica aqui...

publituga.com

Siga a ganhar uns cobres...vê como...

Leemails.com

Ganhe a ler mails,visitar sites...clique e siga o site..

Publipt! Clique Aqui!

CLIQUEM AÌ::::

CLIQUEM AQUI:::

Seguidores

Ocorreu um erro neste dispositivo

Pesquisar neste blogue

CLICA:::::ganha o teu...

PTBux
 Veja mais anúncios grátis

Busquem-me Aqui...