terça-feira, 13 de abril de 2010

Como o tempo passa rápido...

Como o tempo passa rápido...

Reencontrar antigos amigos nos ajuda a fazer um balanço do que vivemos
por Katia Leite
Os anos passam e cada um de nós vivencia esta passagem à sua maneira. A letra da música fala de situações desta tomada de consciência e da constatação de como o tempo age sobre nossa aparência. Rever velhos amigos é outro destes espelhos. Porque é outro encontro inevitável com o tempo, quando nos damos conta de que não vemos uma pessoa ou freqüentamos um lugar há 10, 20 ou 30 anos. Isso nos faz exclamar: "Parece que foi ontem, como o tempo passou rápido!"
Muitos de nós usam esta constatação para buscar reencontrar estes velhos amigos e lugares. Se você é do tipo que toma iniciativa, talvez já tenha feito uma visita ao bairro da sua infância, à escola que estudou, procurou aquela pessoa que nunca saiu do bairro e tem notícias de muita gente. Mas estas ações demandam disponibilidade de tempo e muitas vezes de dinheiro, já que estes locais podem estar muito distantes de onde você mora ou trabalha na atualidade.

Tão longe, tão perto

A partir da crescente popularização da internet e dos sites de relacionamento, reencontrar aquela turma gostosa da infância, da adolescência ou da juventude tornou-se uma tarefa muito mais fácil! Basta buscar nomes e lugares e uma rede vai se abrindo, conectando você tanto aos velhos amigos que na época eram muito próximos, quanto a pessoas que às vezes você nem se lembrava de ter conhecido. Este momento de descoberta geralmente vem acompanhado de uma grande excitação e entusiasmo! Planejamos nos encontrar, propostas aparecem de todos os lados, mas muitas vezes o encontro real não acontece. E o tempo volta a passar muito, muito rápido...
Porque deixamos estes encontros para depois? Porque não criamos um sentido de urgência e acabamos adiando este reencontro para um momento ideal, quando a vida estará mais tranqüila, quando não temos outros compromissos... ou seja, para um dia que todos sabemos que não chega nunca? Talvez porque, às vezes, estejamos tentando fugir é de um encontro conosco mesmos, de nos olharmos com outros olhos e de descobrirmos que pouca coisa mudou em nossa verdadeira essência.
Encontro com velhos amigos pode ser um espelho que te mostra para você mesmo. Ao encontrá-los fazemos necessariamente um balanço do que temos vivido! Falamos dos relacionamentos que construímos ou não, do trabalho que exercemos e acabamos nos questionando sobre nosso nível de satisfação com a vida. E isso é muito bom!

Dicas para um reencontro agradável

Por isso, se você encontrou virtualmente amigos, não deixe para depois, planeje um encontro real! Porém, tome alguns cuidados:
  • Procure não iniciar seus contatos com altas expectativas de quem seus amigos se tornaram ou excessivamente crítico, seja em relação a si mesmo, seja quanto ao que vai encontrar. Ao contrário das amizades que você tem hoje e construiu ao longo da vida, estes amigos não precisam ter coisas em comum com você, como a profissão, a situação familiar, o estilo de vida ou a classe social. Vocês já têm um pedaço de história em conjunto e é isso que pode e deve ser resgatado.
  • Não seja competitivo, não meça vitórias aparentes. Se veja contando sua história de vida e ouvindo a história de seus amigos. Procure perceber que o que realmente importa não são as conquistas materiais que cada um eventualmente tenha feito, mas as conquistas emocionais, os relacionamentos que construímos, os filhos que criamos, a vocação que descobrimos e desenvolvemos. O quanto amamos, quantos desafios enfrentamos. Quantos lugares diferentes conhecemos, a que hobby nos dedicamos, que trabalho social nos envolve.
  • Abra-se para reviver suas memórias e permita que velhas sensações tomem conta de você. E dê muita risada! É impossível reencontrar uma turma antiga e não rir muito! Porque todos se lembram das situações mais engraçadas, das histórias que realmente valem a pena ser lembradas. E ria de si mesmo em boa companhia...
Quando você se permite este reencontro com quem você foi um dia, percebe que no seu íntimo esta pessoa vive como se o tempo não tivesse passado, cheia de entusiasmo, de esperanças, muito mais impulsiva e determinada, disposta a conquistar a felicidade. E você tem a escolha de abrir espaço para que tudo isso continue presente na sua vida!
 OBRE O AUTOR
Katia 
Leite
Com formação universitária em Naturologia, dedica-se a atendimentos individuais e em grupo em São Paulo. Busca nos elementos da natureza os instrumentos que ajudam a manter e recuperar a saúde.

Amigas,Escola Comercial Industrial de Chaves,ano lectivo 1977/1978

Sem comentários:

Enviar um comentário

...bora lá...é só clicar...

LeePubli.com

ganha a ler mails...já o fazes mas por aqui...ganhas o teu...clica aqui...

publituga.com

Siga a ganhar uns cobres...vê como...

Leemails.com

Ganhe a ler mails,visitar sites...clique e siga o site..

Publipt! Clique Aqui!

CLIQUEM AÌ::::

CLIQUEM AQUI:::

Seguidores

Ocorreu um erro neste dispositivo

Pesquisar neste blogue

CLICA:::::ganha o teu...

PTBux
 Veja mais anúncios grátis

Busquem-me Aqui...